Reportar erro
Irritado

Neto detona Bolsonaro por não ter se vacinado: "Como um país deste pode dar certo?"

Apresentador se mostrou indignado com a situação

Neto (à esquerda) e Bolsonaro (à direita) em foto montagem
Neto criticou o presidente Bolsonaro - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 20/09/2021 às 14:04:00,
atualizado em 20/09/2021 às 14:07:05

Nesta segunda-feira (20), o apresentador Neto detonou o presidente Jair Bolsonaro, que não se vacinou contra Covid-19 para participar da Assembleia-Geral da ONU, em Nova York. Durante Os Donos da Bola, o ex-jogador criticou quem tem o discurso antivacina e demonstrou irritação com a venda de falsos comprovantes de imunização no show do cantor Diogo Nogueira.

“A gente tem que respeitar, ser melhor. Se a gente tem um presidente que vai na ONU e não tomou vacina, único representante mundial que não tomou vacina.Você não quer tomar vacina? Então não pode tomar avião, você não pode entrar no restaurante, porque você não pode me matar, matar o Velloso, os meus filhos, o Maravilha. Não quer tomar vacina. Legal, fica em casa”, disparou.

“Quando a gente vai na ONU, o nosso presidente... Nosso não, meu não é. Não preciso dele pra nada. Não tenho medo de falar isso aqui, diga-se de passagem. O cara não tem vacina. Como um país deste pode dar certo?”, acrescentou.

No fim de semana, cambistas venderam falsos comprovantes de vacina para poderem entrar no show do cantor Diogo Nogueira. Ele errou o nome da atriz Paolla Oliveira, mas não escondeu seu descontentamento com a ilegalidade praticada por algumas pessoas.

“Os caras vão para o show do Diogo Nogueira, que é namorado da Paula (sic), aquela moça bonita, atriz, estavam vendendo antes do show comprovante de vacina. Esse país aqui é sério? Vocês acham mesmo que isso vai dar certo?”, completou.

Neto de volta para Os Donos da Bola

Neto apresentando Os Donos da Bola

Neto avisou na quarta (15) aos telespectadores do programa Os Donos da Bola que faria uma cirurgia para retirar a vesícula. Ele ficou quinta (16) e sexta (17) longe da produção, que foi comandado por Fernando Fernandes. Antes de se despedir, ele chegou a brincar com o assunto.

“Se eu não voltar, não é pra ninguém chorar. Aqueles que não gostam de mim, soltam rojão. Tá tudo certo, irmão. Se Deus quiser, vou tirar a vesícula, porque não tô aguentando de dor e vou trazer aqui”, divertiu-se na ocasião.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias