Reportar erro
Posicionamento

Paolla Oliveira foi atacada após criticar Bolsonaro: "Ter opinião não é bater em ninguém"

Atriz falou sobre sua relação com as redes sociais no Conversa com Bial

Paolla Oliveira em entrevista ao Conversa com Bial
"As nossas ideias, se colocadas de maneira correta, podem modificar o outro", defendeu Paolla Oliveira no Conversa com Bial - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 18/09/2021 às 14:50:00

Paolla Oliveira falou sobre sua relação com as redes sociais no Conversa com Bial de sexta-feira (17), na Globo. A atriz, que foi atacada e vítima de fake news após criticar o presidente Jair Bolsonaro, relatou uma necessidade de usar seus perfis para expressar sua opinião política. As postagens de maior repercussão foram no último dia 7 de setembro.

“Chegou um momento que eu falei assim: ‘Gente, eu tô escrava’. A gente vai se abafando, nessa posição e exposição o espaço para errar é tão pouco. Quem foi que falou que eu não posso errar, mudar de opinião, falar sobre coisas diferentes do que estão esperando de mim?”, refletiu Paolla Oliveira em entrevista a Pedro Bial.

A atriz deu mais detalhes sobre como encara os ataques por suas postagens. “Senti necessidade de me colocar, enquanto mulher, sobre alguns assuntos que estou falando, e ter opinião. Ter opinião não é bater em ninguém, é ter a liberdade de estar em uma rede que é minha, que interesse aos 30 milhões que estão lá. Mas quem não quer saber, não veja.”

Filha de um policial, ela revelou que evita falar de política nos almoços em família e nos grupos de WhatsApp com parentes. Contudo, a namorada de Diogo Nogueira se diz a favor do debate. “As nossas ideias, se colocadas de maneira correta, podem modificar o outro, seja em política ou qualquer outro assunto”, defendeu.

Nas redes sociais, Paolla Oliveira tem pedido "Fora Bolsonaro"

Em 7 de setembro, em meio aos protestos pelo fechamento do STF (Supremo Tribunal Federal) e em apoio a Bolsonaro, Paolla escreveu no Twitter: “Não existe futuro sem democracia. Não existe futuro com esse desgoverno. #ForaBolsonaro, apesar de você, amanhã há de ser outro dia”.

No fim de agosto, a atriz já havia demonstrado indignação com o chefe do Executivo. “Que tipo de liderança é essa que prefere ver a população armada à alimentada? Na verdade, sabemos bem que tipo de liderança é essa”, escreveu. Na postagem, ela também pedia “Fora Bolsonaro”. Desde então, passou a receber xingamentos nas redes sociais.



Mais Notícias