Reportar erro
Dança das cadeiras

Caldeirão perde tempo com Mion e Huck recupera meia hora do Domingão

Nova grade da Globo estreia em setembro

Marcos Mion de braços cruzados e Luciano Huck sorrindo
Marcos Mion e Luciano Huck comandarão os finais de semana da Globo - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 21/08/2021 às 18:05:00

Com estreia agendada para 4 de setembro no Caldeirão, Marcos Mion verá o programa perder uma hora em relação ao atual titular. De acordo com a grade de programação anunciada pela Globo, a Sessão de Sábado começará às 15h15, e o Caldeirão terá início às 16h55, terminando às 18h35. O novo Domingão com Huck, por outro lado, recuperará 30 minutos que foram perdidos em 2020.

Ou seja, mesmo com o fim do Se Joga, a Globo optou por cobrir esse buraco com a volta da sessão de filmes, comendo tempo do novo Caldeirão. Será cerca de 1h40 todos os sábados, e somente o Tem ou Não Tem vai continuar, mas repaginado e com celebridades.

Fernanda Gentil, que voltou para o Se Joga em março em um rascunho do Vídeo Show (1983-2019) irá estrear em breve o Zig Zag Arena, game-show que estreia em breve nas tardes de domingo da Globo, na tentativa de combater Celso Portiolli e o Domingo Legal, que volta e meia belisca a liderança.

Huck "recupera" tempo do Domingão

Agora no domingo, Luciano Huck recuperar o tempo perdido por Faustão, que agora se prepara estrear na Band. No ano passado, o Domingão perdeu 30 minutos de duração. A partir de setembro, a atração voltará a ser apresentada entre 18h e 20h30. A revista eletrônica voltará ao seu horário tradicional.

Um dos quadros garantidos do novo Domingão e remanscentes do Caldeirão será o Quem Quer Ser Um Milionário?. Huck já disse que insitirá no formato até fazer a pergunta do milhão, pelo menos.



Mais Notícias