Reportar erro
Brincadeira

Neto diz que faria filme pornô e revela seu preço: "Quer me contratar?"

Apresentador brincou com o assunto

Neto apresentando Os Donos da Bola
Neto é apresentador de Os Donos da Bola - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 19/08/2021 às 15:07:09,
atualizado em 19/08/2021 às 15:08:15

Nesta quinta-feira (19), Neto afirmou em tom de bom humor que faria um filme pornográfico se recebesse algum convite, desde que fosse muito bem remunerado. A brincadeira foi feita no intervalo do programa Os Donos da Bola, da Band, que é exibido no YouTube.

“Que fase que estou. Eu poderia fazer Brasileirinhas, aquele filme pornográfico. Imagina eu fazendo filme pornográfico? Quer me contratar? Um milhão, fecho já. Um milhão de dólares”, afirmou o comunicador, arrancando gargalhadas dos convidados que estavam no estúdio.

Ele também se posicionou contra o comportamento da torcida do Atlético-MG no jogo contra o River, que aconteceu no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). O apresentador ficou insatisfeito com a aglomeração que ocorreu no estádio mineiro, que contou com a presença de 17 mil pessoas.

“Nós estamos chegando há quase 600 mil mortos de Covid. O pensamento de alguns cientistas, médicos e especialistas é que a gente possa ter a terceira dose, o que seria importante, porque se você tem vacina, você tem vida”, declarou o ex-jogador.

“Aí quando você abre para o torcedor do Atlético ir para o estádio, 17 mil pessoas, dá R$ 3 milhões de renda, que é um absurdo, é um roubo com o povo, cobrar quase R$ 170,00 de ingresso (...) Quando você coloca um protocolo que tem que usar máscara e tem que ficar um metro e meio de geral, vira um várzea. Vocês acham certo fazer isso com o povo?”, indagou Neto.

Neto e o Afeganistão

Os posicionamentos de Neto em Os Donos da Bola estão se tornando frequentes na Band. Recentemente, ele iniciou o programa para falar da sua preocupação com o a tomada de poder do Talibã no Afeganistão.

“Se nós não entendemos um cara que vai dentro de um avião, que tem 640 pessoas lá dentro, o cara fica no trem de pouso e aí morrem duas pessoas lá de cima. Se a gente não tiver o entendimento que tem que acabar com isso, onde a gente vai parar, o que a gente quer da vida? Não é possível”, comentou.



Mais Notícias