Reportar erro
Sem papas na língua

Cinco vezes que Britto Jr. cutucou a Record após sair de A Fazenda

Britto Jr. já criticou a Record e em janeiro, fez previsão que se concretizou

Britto Jr. falando
Britto Jr. não poupou a Record nos últimos anos - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 17/08/2021 às 07:19:00

Britto Jr. deixou a Record há seis anos, e volta e meia surge em suas redes sociais para criticar A Fazenda e a ex-emissora. No final de semana, detonou Rodrigo Carelli, diretor do reality rural e sugeriu que o canal do bispo Edir Macedo teria forjado a demissão de Marcos Mion.

Enquanto escreve um livro sobre as memórias em A Fazenda, que comandou entre 2009 e 2015, Britto Jr. já afirmou que era censurado pelo diretor e já desabafou em algumas ocasiões. "Se tornou insuportável. Por isso, resolvi sair", garantiu ele.

Quanto Roberto Justus comandava a atração, também não poupou críticas ao empresário, o classificando como "Dr. Gesso", devido ao engessamento do apresentador, que era criticado no reality. Relembre as vezes que Britto Jr. detonou a Record nos últimos anos:

Britto Jr. censurado e boicotado

Em fevereiro de 2017, logo após não ter seu contrato renovado com a Record, desabafou no Twitter ao responder um post que falava sobre o comportamento de Tiago Leifert no BBB17. "Agora, pense num reality similar em que o apresentador era 'proibido' de interagir livremente com os participantes... Por tentar, fui repreendido, censurado, xingado, boicotado", disse ele.

"Aguentei o diretor-censor até o ponto em que se tornou insuportável. Por isso, resolvi sair", completou o jornalista, reiterando que foi ele quem pediu para deixar o programa.

Aviso à Justus

Em setembro de 2017, desejou boa sorte à Roberto Justus: "Estreia é moleza. Tudo ensaiado. Depois é que o bicho pega ao vivo, com o Carelli massageando seus ouvidos. Amanhã, leio como é que foi... Boa sorte!". E ainda respondeu a um seguidor que pedia sua volta: "Só robô pra aguentar o androide".

Tortura em A Fazenda

imagem-texto

No ano passado, Britto Jr. comentou o fato de Marcos Mion ter chorado em um momento em A Fazenda. “Eu sei por que ele tá chorando. E esse motivo tem nome e sobrenome”, escreveu Britto sem nominar o alvo da sua crítica - embora tenha ficado claro. “@recordtvoficial pode demitir o Carelli. O Brasil agradece”, comentou uma internauta e Britto respondeu: “Não é só caso de demissão não. Ali está sendo cometido um tipo de tortura que eu denunciei e poucos se deram conta”.

Mancada no reality

Na temporada de 2020, ainda, Britto Jr. voltou a criticar a produção. O ex-apresentador do reality show foi questionado por internautas sobre a fatídica prova do fazendeiro, em que houve erro e precisou ser feita novamente na madrugada. “Uma mancada atrás da outra”, opinou ele.

“Não sei como a Record ainda permanece com o Rodrigo Carelli (diretor do programa) no comando de A Fazenda 12. O reality merece um diretor melhor!”, escreveu um perfil mencionando Britto, que respondeu prontamente.

“Carellio, é só carelada! Descobriram uma tática nova de ganhar audiência. O público adora ver uma mancada atrás da outra. Kkkk”, comentou o ex-apresentador.

“Será que esse ‘carelada’ tem costa quente? Em outras empresas já teria levado um cartão vermelho”, disse outro seguidor. E Britto, novamente, criticou o diretor: “Na Globo, já teria ido pro espaço há muito tempo”.

Previsão para desafeto

Desafeto de Carelli, Britto fez uma previsão para o programa em 2021 em janeiro. Se mostrando solidário na demissão de Mion, disse que é o momento de A Fazenda ser comandada por uma mulher. Inclusive, o jornalista aconselhou a Record a contratar Adriane Galisteu. “Qualquer coisa fora disso será só para não dar o braço a torcer”, disparou. Dito e feito.

Por fim, ele voltou a fazer uma previsão sobre o programa ao dizer que Rodrigo Carelli não seguirá como responsável do reality show. “O diretor que ninguém atura, incluindo este que vos fala, que foi o primeiro a denunciá-lo por atrapalhar propositalmente o trabalho dos apresentadores, será o próximo a cair”, completou.



Mais Notícias