Reportar erro
Alfinetou

A Fazenda 2020: Britto Jr. volta a criticar produção: "Uma mancada atrás da outra"

Ex-apresentador do reality respondeu internautas após mais um erro em prova

Britto Jr em imagem de acervo
Britto Jr apresentou A Fazenda. Divulgação
Redação NT

Publicado em 10/12/2020 às 14:14:31

Britto Jr. usou as redes sociais para criticar a produção de A Fazenda 2020. O ex-apresentador do reality show foi questionado por internautas sobre a fatídica prova do fazendeiro, em que houve erro e precisou ser feita novamente na madrugada desta quinta-feira (10). “Uma mancada atrás da outra”, opinou ele.

“Não sei como a Record ainda permanece com o Rodrigo Carelli (diretor do programa) no comando de A Fazenda 12. O reality merece um diretor melhor!”, escreveu um perfil mencionando Britto, que respondeu prontamente.

“Carellio, é só carelada! Descobriram uma tática nova de ganhar audiência. O público adora ver uma mancada atrás da outra. Kkkk”, comentou o ex-apresentador.

“Será que esse ‘carelada’ tem costa quente? Em outras empresas já teria levado um cartão vermelho”, disse outro seguidor. E Britto, novamente, criticou o diretor: “Na Globo, já teria ido pro espaço há muito tempo”.

Britto não “perde tempo” com A Fazenda 2020

Britto já afirmou que não “perde tempo” com A Fazenda 2020. Ele foi mencionado em comentário sobre os erros do programa no Twitter, e respondeu prontamente o internauta. “Britto Jr. deve tá rindo demais dessa manipulação descarada”, escreveu um seguidor. “Eu não perco meu tempo assistindo, mas me divirto lendo as manchetes do outro dia, que só falam de erros e chororô. Isso realmente é engraçado”, rebateu o apresentador.

Britto Jr também usou as redes sociais para comentar sobre Marcos Mion ter chorado em A Fazenda 2020. Britto apresentou o reality show por sete temporadas e saiu tecendo críticas ao diretor Rodrigo Carelli. “Eu sei por que ele tá chorando. E esse motivo tem nome e sobrenome”, escreveu sem nominar o alvo da sua crítica - embora tenha ficado claro.

“@recordtvoficial pode demitir o Carelli. O Brasil agradece”, comentou uma internauta e Britto respondeu: “Não é só caso de demissão não. Ali está sendo cometido um tipo de tortura que eu denunciei e poucos se deram conta”.


Mais Notícias