Reportar erro
Será?

Apresentadora da BBC recebe ligação do Talibã ao vivo: "Não queremos confusão"

Grupo extremista tomou o poder no Afeganistão e causa temor mundial

Apresentadora da BBC recebendo ligação do Talibã
Apresentadora da BBC recebeu ligação ao vivo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 17/08/2021 às 12:24:30

A apresentadora Yalda Hakim, da BBC, que nasceu no Afeganistão e que deixou o país para viver na Austrália, recebeu um telefonema de um dos representantes do Talibã ao vivo enquanto ancorava um telejornal. "Não queremos confusão", garantiram os extremistas, que tomaram o poder nos últimos dias.

O episódio que aconteceu no último domingo (15), ainda, contou com com uma promessa do Talibã. "Garantimos ao povo do Afeganistão na cidade de Cabul que suas propriedades e suas vidas estão seguras", disse um dos representantes.

E por fim, salientou, na tentativa de tranquilizar a população: "Nossa liderança instruiu nossas forças a permanecer no portão de Cabul, não a entrar na cidade. Estamos aguardando uma transferência pacífica de poder".

O poder do Talibã no Afeganistão

Diferentemente dos anos entre 1996 e 2001 onde o Talibã foi extremista, eles agora adotam um novo discurso, prometendo que os direitos das mulheres estão seguros, bem como o da imprensa. No entanto, a maioria dos analistas se mantém céticos, visto que isso pode ser uma maneira de continuar fazendo negócios mundiais.

Na virada do milênio, as mulheres não podiam ir a escola ou sair sem ser acompanhada. Os homens, por exemplo, não podiam fazer a barba. Quando o grupo deixou o poder, há 20 anos, houve um alívio geral pela volta de atividades consideradas simples.

TAGS:
Mais Notícias