Reportar erro
Resultado positivo

Olimpíadas: Derrota do Brasil no vôlei turbina audiência da Globo

Emissora comemora os bons índices

Brasil faz ataque com bola ao tome do Comite Olimpico Russo, que tenta bloquear
Olimpíadas: Jogo de vôlei do Brasil turbina audiência da Globo
Redação NT

Publicado em 28/07/2021 às 16:41:00,
atualizado em 28/07/2021 às 16:58:21

Na manhã desta quarta-feira (28), a Globo viu sua audiência subir ao transmitir o jogo de vôlei entre Brasil e Comitê Olímpico Russo, pelas Olimpíadas de Tóquio 2020. Os dados prévios do Kantar Ibobe Media apontaram um aumento de 71%, com 12 pontos de audiência de média e 34% de participação, no Painel Nacional de Televisão (PNT).

No cenário de São Paulo, praça que serve de referência ao mercado publicitário, a emissora também elevou a audiência, com 12 pontos de média, dobrando o índice na faixa, de 10h11 até 11h51, em relação às quartas-feiras anteriores ao início dos jogos. Além disso, em SP teve 31% de televisores ligados no canal.

Já no Rio de Janeiro, a audiência correspondeu a 15 pontos de média e 36% de share. Na disputa entre Brasil e Comitê Olímpico Russo, pelo torneio de vôlei dos Jogos Olímpicos, a seleção masculina foi derrotada pelo oponente por 3 x 0 em um jogo complicado. Apesar de não ter conseguido êxito na disputa, o Brasil ainda segue na luta pela medalha na modalidade.

Nas madrugadas, a Globo também conquista boa audiência com as Olimpíadas. A medalha de prata de Rayssa Legal, de 13 anos, aumentou em 57% a audiência da Globo no horário no PNT (Painel Nacional de Televisão). Entre 0h19 e 1h40 desta segunda (26), ela registrou 11 pontos de média e 39% de participação no índice de televisores ligados, maior pontuação na faixa em mais de um ano.

Na Grande São Paulo, a audiência teve 50% de aumento em relação às quatro semanas anteriores. Foram 12 pontos, sendo 4 a mais, e 37% de share. No Rio de Janeiro, o acréscimo registrado pelo Ibope foi de 50%, também com 4 pontos a mais, e 39% de participação.

Com isso, a Globo conseguiu sua maior média no PNT desde 29 de março de 2020 entre 0h e 6h. Os dados são prévios e podem sofrer alterações no consolidado que será divulgado na terça-feira (27).

A cobertura da Globo nas Olimpíadas

A emissora carioca preparou ainda uma área de 400 metros quadrados nos Estúdios Globo e foi inspirado na arquitetura japonesa, que mescla tradição e modernidade. A Globo também instalou três câmeras em Tóquio, que enviarão imagens ao vivo da sede dos jogos para os quase 80 metros quadrados de telões de LED que compõe o cenário circular.

Ao longo de quase três semanas, a Globo prepara mais de 200 horas de conteúdo e do SporTV, que abriu um quarto canal. As Olimpíadas começam oficialmente na sexta, mas as competições começaram nessa terça-feira (20), com softbol.

Mais Notícias