Reportar erro
Em 1988

Como foi a saída de Faustão da Band com a proposta da Globo?

Apresentador deixou o canal e fez muito sucesso na Globo

Faustão segurando o microfone em seu programa na Globo
Faustão deixa a Globo após 32 anos - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 20/06/2021 às 05:00:00,
atualizado em 20/06/2021 às 07:56:15

Faustão ficou 32 anos na Globo e foi responsável por mudar os domingos da emissora, batendo Silvio Santos, enfrentando de igual para igual o Domingo Legal, até se consolidar como líder absoluto. O apresentador deixou o canal carioca e agora retornará para sua antiga casa, a Band. Ele saiu da emissora do Morumbi em 1988 no auge do Perdidos na Noite, programa que ele ganhou projeção nacional e chamou a atenção de José Bonifácio de Oliveira Sobrinho,  o Boni, principal diretor da Globo nas décadas de 70, 80 e 90.

Fausto Silva nunca escondeu que acumulou amigos ao longo da vida, tanto que a tradicional Pizza do Faustão precisava revezar as pessoas presentes pela quantidade de gente que o artista tinha no seu núcleo de amizade. Uma dessas relações é com a família Saad.

O apresentador deixou a Band  de forma amigável e muito sincera. No começo daquele ano, Faustão conversou com o presidente do canal e avisou que ficaria no comando do Perdidos na Noite só até o fim de dezembro. “Um negócio que pouca gente sabe sobre o Johnny Saad, dono da Bandeirantes, foi que em janeiro de 1988 eu falei com ele: Olha, vou fazer mais um ano de Perdidos e parar”, contou o artista em entrevista para o jornal Folha de S. Paulo, em 26 de fevereiro de 1989.

O comunicador estava disposto a seguir um novo caminho e isso ocorreu ao receber uma proposta da Globo. Com o retorno de Gugu ao canal de Silvio Santos, ficou nas mãos de Fausto mudar o destino da programação dominical da emissora. Não só conseguiu mudar do canal carioca, como também da sua principal concorrente da época: o SBT.

Antes de Faustão fechar

Como foi a saída de Faustão da Band com a proposta da Globo?

Para entender o motivo da saída de Faustão da Band, é preciso conhecer os acontecimentos dos bastidores da Globo em 1988. Silvio Santos reinava aos domingos e a emissora carioca identificou que o público jovem estava fugindo da TV ou migrando para a concorrência.

Por conta disso, ficou definido por Boni que a programação dominical ganharia uma repaginada. O nome escolhido para ser o responsável pela atração foi Gugu Liberato, então pupilo do Homem do Baú. O apresentador entende que a proposta faria seu status mudar na TV e aceitou.

Só que, ao saber do acerto entre Gugu e Globo, Silvio procurou Roberto Marinho no Rio de Janeiro e pediu que o contrato fosse rescindido. Com problemas nas cordas vocais, o empresário explicou que teria que diminuir o ritmo e iria dar maior espaço ao pupilo.

Após o diálogo, Liberato voltou ao SBT e a emissora carioca precisava encontrar outro nome com um perfil que atingisse os jovens. Faustão entrou na mira. Uma das preocupações era seu jeito espontâneo, bastante liberal, às vezes considerado anarquista, por tamanho sentimento de liberdade que tinha nos palcos.

Coincidentemente, em 1988, Faustão participou do Show de Calouros e foi questionado se ele aceitaria uma proposta da Globo. Bem humorado, ele explicou que a emissora jamais o contrataria por conta do seu vocabulário.

“Não sou o Chacrinha, sou no mínimo uma fazendona, com esse tamanho. Tudo depende de conversar. A Globo me quer toda hora, bem longe”, ironizou o apresentador, sem saber como o mundo daria uma enorme volta.

Faustão deixa Band com o título de “Novo Chacrinha”

Como foi a saída de Faustão da Band com a proposta da Globo?

A saída de Faustão da Band foi da forma mais tranquila possível. A direção do canal compreendeu na época que não tinha como cobrir uma proposta da Globo, tendo à disposição todo o casting da emissora. Faustão passou a ser chamado de “Novo Chacrinha”.

Abelardo Barbosa também teve uma passagem bem sucedida na Band e se transferiu para a Globo. Chacrinha foi um fenômeno na emissora, principalmente na década de 1980. No ano em que Faustão saiu da Band, o veterano morreu e o espaço acabou ficando vago.

A imprensa rapidamente passou a chamar Faustão de “Novo Chacrinha”, pois ambos tinham estilos irreverentes e possuíam trajetórias parecidas – eles começaram no rádio e passaram pela Band. Mas Fausto rapidamente fez questão de afastar as comparações.

“Não tem nada a ver com o Chacrinha. Tanto que eles nunca falaram de fazer programa sábado à tarde [horário que era ocupado pelo Cassino do Chacrinha entre 1982 e 1988]. Eu não sou um personagem. O Chacrinha era um personagem do Abelardo Barbosa. Eu sou eu mesmo, não tem jeito. Eu faço entrevista e o Chacrinha tem calouro, tem júri. É outra coisa”, comentou na época.

Três décadas depois, Faustão marcou seu nome na história da TV e é um dos maiores apresentadores do país. Ele deixou o Domingão e a Globo na última quinta-feira (17) e agora seguirá para a Band, canal que fez muito sucesso com Perdidos na Noite.

Confira o trecho do Perdidos na Noite:



Mais Notícias