Reportar erro
De volta ao batente

Vacinado, Carlos Alberto de Nóbrega volta a gravar A Praça com dois bancos

Dono do banco da Praça volta ao programa mais de um ano depois

Carlos Alberto sentado no banco da Praça
Carlos Alberto volta à Praça na próxima semana - Foto: Divulgação/SBT
Redação NT

Publicado em 08/04/2021 às 11:56:52,
atualizado em 08/04/2021 às 12:29:59

Carlos Alberto de Nóbrega volta ao comando de A Praça é Nossa depois de mais de um ano fora dos estúdios do SBT devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O veterano passou toda a última terça-feira (6) na emissora para conferir mudanças do cenário e se preparar para sentar no banco da praça.

Nessa volta, o humorístico contará com dois bancos formando um ângulo de 120 graus, mas guardando distância regulamentar, seguindo todos os protocolos para evitar a proliferação do vírus. A informação foi divulgada primeiramente pelo jornalista Flávio Ricco, do R7, e confirmado pelo NaTelinha junto ao SBT. 

Nóbrega voltará a gravar sem plateia e elenco de apoio. "Apenas o banco e cenário com os atores do grupo do grupo de risco. E com todas as precauções necessárias", informou o SBT. A liberação de Carlos Alberto ocorreu por meio do médico Roberto Kalil.

Na segunda (5), ele comemorou ao tomar a segunda dose da vacina. "Enorme passo para gravar dia 13 e 15 os dois primeiros inéditos na Praça. Sabe criança que acredita em Papai Noel que fica nos dias que antecedem o Natal? É como eu estou para voltar", afirmou.

A cura de Carlos Alberto de Nóbrega

Em março, Nóbrega ficou curado da Covid-19. Tinha certeza que eu iria superar. Meu grande problema era a preocupação com o meu filho [João Victor] e com a minha esposa. Meu filho estava isolado na casa da mãe dele e a Renata [Domingues] estava internada aqui, junto comigo. Com o decorrer do tempo, eu esperava uma coisa muito pior, mas não senti nada [grave]", declarou ao melhor Melhor da Tarde, da Band.

Ele havia tomado a primeira dose da vacina em 10 de fevereiro. Contudo, Renata e o filho estavam doentes e o comunicador decidiu se internar por precaução. Inicialmente, o resultado deu negativo, mas depois houve a confirmação da contaminação da doença.

Como foi contaminado pela doença é um mistério para ele. Ele explicou que saiu menos de cinco vezes desde que começo a pandemia da Covid-19. “Saí duas vezes para o restaurante que costumo frequentar que é super controlado. E nas outras vezes fui ao mercado, mas em um horário que não tinha quase ninguém”, detalhou.



Mais Notícias