Reportar erro
Assistência

Datena promete ajudar mulher vítima de violência doméstica: "Não vou deixar na mão"

Apresentador ficou comovido com a história de Edileuza

Datena no Brasil Urgente
Datena no Brasil Urgente - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 03/02/2021 às 17:29:00,
atualizado em 03/02/2021 às 17:29:39

Datena prometeu que ajudará uma mulher que sofreu agressão do ex-namorado e teve sua casa destruída. Durante o Brasil Urgente, nesta quarta-feira (3), o apresentador explicou que Edileuza recebeu um buquê de flores com uma bomba e ficou machucada. Um rapaz tentou reconstruir o local, contudo, não obteve sucesso.

“Ela, coitada, além de ficar ferida, teve a casa toda destruída. Apareceu um rapaz, com boa vontade, fez um projeto pra ajudar a reconstruir a casa da Edileuza. Ele falou que parou o projeto porque não teve doações de material de construção. Eu queria pedir ao comercial, se puder, me ajudar”, declarou o comunicador.

“Eu pego e ligo pra Obramax e consigo o material. Se ninguém ajudar com material de construção, vai ter que sobrar no meu peito. Não gosto de fazer isso, porque parece assistencialismo. Não sou político, não sou candidato a droga nenhuma e não quero dar uma de assistencialista. Se alguém quiser ajudar, e o povo brasileiro é muito solidário, será um prazer”, acrescentou.

Datena explicou que muita gente prometeu ajudar, contudo, não cumpriu. Por causa disso, o apresentador relatou que, caso seja preciso, vai tirar dinheiro do próprio bolso para que a casa de Edileuza seja reformada. “Não vou deixar a mulher na mão de jeito nenhum”, contou.

“O rapaz falou que muita gente que prometeu o material de construção não entregou e ele teve que abandonar o projeto. Eu já pedi ao Edinho, que nos auxiliam aqui, que colocasse o engenheiro e o empreiteiro pra verem como está a obra e ver o que falta. Nós vamos terminar a casa. Nem que eu tenha que botar a mão no bolso”, concluiu.

Datena e a política

Datena promete ajudar mulher vítima de violência doméstica: \"Não vou deixar na mão\"

Durante seu discurso sobre a casa de Edileuza, Datena deixou claro que não gosta realizar assistencialismo. Ressaltou que, caso entre para a política, só fará obras que atinja grande escala de pessoas.

Vale destacar que o apresentador foi cogitado nas eleições a prefeitura de São Paulo em 2016 e 2020, contudo, acabou não aceitando. Em 2018, ele se afastou da Band e anunciou que concorreria ao cargo de senador. Porém, na última hora, acabou desistindo e retornando ao Brasil Urgente.



Mais Notícias