Reportar erro
Falou mal

Datena liga para Temer, defende Bolsonaro e alfineta governador: "Não tem vacina do Dória"

No Brasil Urgente, Datena defendeu o presidente

Datena liga para Temer, defende Bolsonaro e alfineta governador: "Não tem vacina do Dória"
Datena bateu um papo com Michel Temer no Brail Urgente - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 25/01/2021 às 20:45:30

Datena aproveitou o Brasil Urgente desta segunda-feira (25) para telefonar ao vivo para o ex-presidente Michel Temer para falar sobre a liberação dos insumos para a fabricação da coronavac. Durante o papo, o jornalista não perdeu a chance de defender Jair Bolsonaro e de alfinetar o governador de São Paulo, João Dória.

Datena telefonou de seu próprio smartphone ao vivo durante o programa policial. "Sexta-feira o presidente Michel Temer falou comigo, que ele tava em contato com gente do governo chinês que ele conheceu enquanto presidente da república, o embaixador. Ele tem bom relacionamento com o presidente da China Xi Jinping", começou o apresentador em posse de seu smartphone.

"Parece que funcionou a ajuda do senhor e de outros brasileiros, mas o senhor com a prerrogativa de bom relacionamento com a China também participou de forma positiva nessa liberação dos insumos da vacina para a fabricação da coronavac", explicou ele ainda antes de deixar o ex-presidente falar e prosseguiu aproveitando para fazer uma crítica a Jair Bolsonaro e João Dória.

"Eu acho que isso deixa um pouco mais em paz o Brasil porque o governo também ajudou. Essa briga do Dória com o Bolsonaro não leva a lugar nenhum e o senhor ajudou e muita gente ajudou, mas a sua participação tenho a impressão que foi importante, né presidente Temer?", questionou abrindo espaço para as explicações do antigo comandante do Poder Executivo, que assumiu o cargo depois do impeachment de Dilma Rousseff.

Temer fala com Datena

Durante a conversa, o ex-presidente concordou que deu uma ajuda para a liberação dos insumos. "Foi um esforço de todos. Dei uma mãozinha e acho que ajudou. Fico feliz em função de todos os brasileiros. Em minha função também, já que estou na fila da vacina (…). Todos nós prestamos um serviço ao Brasil. É preciso ter unidade, união, paz", contou.

"Parabéns, inclusive, pela sua humildade. Porque o senhor foi muito importante nesse processo final e culturalmente o chinês respeita muito ex-presidentes, inclusive são chamados de presidentes sempre e têm a honra de presidentes, questão cultural. E o senhor ajudou muito.

"Eu espero, apesar de não acreditar, que diminua essa rixa política do Bolsonaro com o Dória. Porque o Bolsonaro também lutou pra trazer os insumos pra coronavac, então tomara que isso acabe. E não tem vacina Dória nem do Bolsonaro, por enquanto tem vacina do Butantan e da Fiocruz", alfinetou Datena.

Mais Notícias