Reportar erro
Memórias da Telinha

Há 32 anos, Domingão do Faustão chegou na Globo com missão definida

Domingão do Faustão foi, ainda, o primeiro programa ao vivo da Globo em 18 anos

Faustão segurando o microfone
Faustão teve duras missões em 1989 - Divulgação/TV Globo
Thiago Forato

Publicado em 30/01/2021 às 12:25:44

Depois de trabalhar na Rádio Excelsior, TV Gazeta, Record, Band - onde estourou com o Perdidos na Noite (1986-1988) - e até na Globo, no SPTV em 1982, Fausto Silva, popularmente conhecido como Faustão, foi contratado com uma incumbência um tanto quanto ingrata pela emissora: quebrar a hegemonia de Silvio Santos aos domingos e perdurar por décadas no ar.

O dono do SBT reinava por oito horas distribuindo prêmios e brincando com suas colegas de trabalho. A Globo, observando isso, já queria lançar uma atração nos mesmos moldes. Na realidade, em 1988, já tinha ousado e tirado Gugu Liberato (1959-2019) do SBT, que estava no auge com o seu Viva a Noite aos sábados. Silvio Santos não hesitou em ir até o Rio de Janeiro e conversar diretamente com Roberto Marinho para romper o acordo, pagando uma multa milionária para manter o seu pupilo, até devido ao problema que tinha na garganta.

A Globo sabia que só concorrendo com um programa semelhante, já que todas as outras opções foram tentadas, conseguiria finalmente vencer o SBT e fazer da liderança um fato. Dito e feito.

Quebra de tabu e projeto de longo prazo

Hoje decidido em não renovar seu compromisso com a Globo, Faustão sempre foi tratado como um projeto arrojado e longínquo. Ou seja, já estava nos planos fazer com que seu Domingão perdurasse por décadas no ar. Os programas de Fausto e Silvio Santos eram de certa forma, similares. Sobretudo quadros e até mesmo as pegadinhas. Qualquer semelhança não era mera coincidência.

Seu dominical, aliás, quebrou um prazo importante. A Globo não fazia um programa ao vivo há 18 anos. "O Boni estava atrás de um maluco que quisesse fazer um programa ao vivo. Achou. E disseram: 'Queremos você do jeito que você é'. Faz 18 anos que a Globo não tem um programa ao vivo, à exceção de eventos", afirmou ao jornal O Globo em edição de novembro de 1988.

Segundo Faustão, a Globo o queria exatamente como era na Band. O cara que fazia piada com o cenário, mexia com a turma da plateia e deixava escapar alguns palavrões. E foi dessa maneira que o Domingão caiu nas graças do telespectador logo em sua estreia, em 26 de março de 1989.

Há 32 anos, Domingão do Faustão chegou na Globo com missão definida

Rapidamente, abocanhou a liderança nas quatro horas que ia ao ar, entre 15h e 19h. Silvio Santos chegou a ficar 11 pontos atrás de seu concorrente. A disputa só viria a ficar acirrada no final daquele ano, quando o efeito novidade já tinha passado.

No início, Faustão distribuiu prêmios, sorteava carros com direito até o Caminhão do Faustão. "Só não tem Baú", ironizou ele ao jornal O Dia em março de 1989. "Ele é um dos grandes comunicadores da televisão brasileira. Talvez o mais importante dos que surgiram nos últimos anos", avaliou o ex-diretor Augusto César Vanucci.

O projeto que a Globo traçou para Faustão deu certo. Apesar de percalços no caminho e problemas com audiência em determinado período, como entre 1997 e 2002, onde perdia frequentemente para Gugu Liberato, o apresentador se manteve no ar e deu a volta por cima.

Faustão, hoje em dia, é o apresentador mais bem pago da TV, e tem o programa de auditório mais assistido do país, algo que muitos pensaram que não fosse acontecer em 1989.

Assista à chamada de estreia do Domingão do Faustão:



Mais Notícias