Reportar erro
Bem-humorada

Cátia Fonseca invade programa de Neto e confessa que via filme erótico na TV

Apresentadora também jogou futebol de mesa

Cátia Fonseca com Neto
Cátia esteve no estúdio de Os Donos da Bola - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 15/01/2021 às 14:50:21

Durante o Melhor da Tarde desta sexta-feira (15), Cátia Fonseca invadiu o estúdio do programa Os Donos da Bola e jogou futebol de mesa com Neto. A apresentadora colocou Velloso e Edílson para dançarem e conversou com o apresentador sobre a sessão Sala Especial, que fez sucesso nos anos 80 na Record. O responsável pelo esportivo relembrou do filme Emmanuelle (1974).

“Você assistia a Sala Especial?”, questionou Cátia. “Assistia. Emmanuelle, a francesa”, respondeu o ex-jogador. “Você sabe que eu também assistia?”, revelou a apresentadora. “O Edílson sempre estava ligado na Sala Especial. O programa mostrava os dois seios. Não mostrava os mamilos. Não sei o motivo. Aí mostrava o bumbum, só meia banda”, explicou.

Neto começou a rir e disparou: “Hoje Malhação mostra tudo [bumbum] cinco horas da tarde”, ironizou o apresentador. “É verdade”, acrescentou Fonseca. Logo em seguida, eles começaram a jogar futebol de mesa.

No começo, Edílson jogou contra Neto para ensinar a apresentadora. Depois, ela fez dupla com o ídolo do Corinthians, enquanto o Capetinha formou parceria com Velloso. Descontraídos, eles não fizeram uma partida para valer.

Após o confronto, Edílson relembrou que Cátia fazia coreografias no Mulheres, da TV Gazeta, e pediu para que ela fizesse uma dança de axé. O comentarista colocou a música e todos dançaram no estúdio, menos o apresentador de Os Donos da Bola. “Eu não sei dançar”, explicou.

Neto e Cátia Fonseca criticam caso em Manaus

Neto se mostrou incomodado com os últimos acontecimentos em Manaus. Ele ressaltou a importância dos profissionais da Band estarem unidos no período de pandemia e comentou sobre a falta de cilindro de oxigênio na capital do Amazonas.

“O que tá acontecendo em Manaus, eu fiquei muito triste. A gente fez uma campanha para poder arrecadar oxigênio para as pessoas lá. A gente, a Band, você, o Datena e todos nós temos que fazer isso pra melhorar esse mundo”, afirmou o ex-jogador. “Depende de cada um de nós. A gente tem que apontar o erro de quem não tá fazendo, mas enquanto o outro não faz, a gente faz”, completou Cátia.



Mais Notícias