Bem-humorada

Cátia Fonseca ironiza bandido e diz que não caiu em golpe do WhatsApp: "Esperta"

Apresentadora mostrou história do jornalista Pablo Fernandez

 Cátia Fonseca ironiza bandido e diz que não caiu em golpe do WhatsApp: "Esperta"
Cátia Fonseca no Melhor da Tarde - Foto: Reprodução/Band

Redação NT

Publicado em 16/11 às 15:34:06

Cátia Fonseca mostrou uma reportagem nesta segunda-feira (16), no Melhor da Tarde, sobre pessoas que sofrem golpes pelo WhatsApp. Bem-humorada, a apresentadora contou a história de Pablo Fernandez, jornalista da Rádio BandNews FM. Incrédula com o episódio, ela ironizou o bandido que deu dica ao repórter para não ter o número novamente clonado.

continua depois da publicidade

“Muita gente tem o WhatsApp clonado, muita gente passa por isso e cai nesse golpe. A gente aqui, do elenco, quase caiu, muitas pessoas”, disse Alex Sampaio. “Eu não”, retrucou Cátia. “Você é esperta. Mas um colega nosso, da Rádio BandNews FM, o Pablo Fernandez, caiu e ele resolveu relatar essa história”, acrescentou o repórter.

Após escutar toda a história de Pablo, Cátia ironizou a atitude do bandido em ter dado dicas ao jornalista. “Eu achei até o bandido fofo, gente. ‘Olá, amigo! Eu tô preso, tô mais perdido que você, amigo!’. Aí a segunda parte do amigo: ‘O que eu faço é pra sobreviver’. Tudo bem, se é pra sobreviver, a gente entende”, comentou.

continua depois da publicidade

“Mas são laranjas, não sabem de muito. O forte fica com o dono do pedaço. Eles ficam com 15% do valor. O melhor foi o final: ‘Você trabalha na Band, né?’. O cara ainda assiste, tem televisão lá na cadeia. ‘Um conselho, coloca senha no WhatsApp’. Salve”, concluiu.

Cátia Fonseca e seus posicionamentos

Cátia tem sido mais combatida nos últimos tempos no Melhor da Tarde e demonstrando toda sua revolta com situações envolvendo criminosos. Recentemente, a apresentadora detonou o termo “estupro culposo” e detonou a absolvição de André de Camargo Aranha.

continua depois da publicidade

“Estupro culposo, quando não há intenção de estuprar. Eu não sabia que tinha pênis andando sozinho sem o corpo”, iniciou a comunicadora. “Mariana Ferrer, em 2018, estava em um clube de boa, se divertindo. Aí, de repente, sabe-se Deus porque, esse rapaz, André de Camargo Aranha, tem o vídeo mostrando ele subindo com a menina para um camarote. Ela era virgem na época e ele a estuprou. Até aí já é terrível, só mais terrível é o posicionamento da nossa Justiça no momento de analisar um problema sério como esse”, disparou.

continua depois da publicidade