Reportar erro
Top five

Relembre cinco polêmicas de Mauro Cezar Pereira na ESPN

Comentarista deixou o canal do Grupo Disney

Mauro Cezar Pereira trabalhando na ESPN
Mauro Cezar Pereira saiu da ESPN - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 03/01/2021 às 08:02:17

Mauro Cezar Pereira deixou os canais ESPN após 16 anos por não aceitar o contrato de exclusividade da Disney. O jornalista era considerado o principal da emissora por causa do seu estilo “ranzinza” e sem papas na língua. Ao longo da sua trajetória na TV, o comentarista nunca fugiu de uma polêmica e já chegou a bater boca com colegas para defender seus posicionamentos.

Em 2014, por exemplo, discutiu de maneira firme com Paulo Vinicius Coelho por discordâncias sobre o Botafogo. No ano retrasado, foi chamado de “machão” por Gian Oddi e causou grande tensão no Linha de Passe.

Confira algumas brigas de Mauro Cézar Pereira na ESPN:

Mauro Cezar x Gian Oddi

Em 2019, Mauro Cezar teve uma discussão acalorada com Gian Oddi no Linha de Passe. Na ocasião, os dois analisavam a partida entre Palmeiras e Vasco, válida pelo Campeonato Brasileiro, e uma discordância sobre arbitragem fez com que o clima esquentasse.

Em meio à discussão, Gian reclamou que Cézar tem um posicionamento de “com certeza” em relação a lances discutíveis. “Eu sou pago pra isso”, rebateu Mauro. “Você afirma, eu não afirmo”, retrucou Oddi. “Você não tem coragem de afirmar”, disparou Pereira.

Em seguida, Gian afirmou que o colega era “machão” e “representante de torcida”, deixando claro que há preferência dele pelo Flamengo. Mauro não se calou e lembrou que todos na mesa tinham clube, inclusive Oddi: “Nós dois temos times. Um aqui e outro lá fora [do país]”.

“Porque você não senta mais no estádio... Tá com medo da organizada? Por isso? Dá um tempo. Você tá apelando”, continuou Cézar. Após alguns minutos de bate-boca, eles se acalmaram e continuaram levando o programa. Pouco tempo depois do fim da atração, eles gravaram um vídeo selando a paz.

Mauro Cezar x clube do vinho

Mauro Cezar era forte critico de Abel Braga quando o técnico comandava o Flamengo em 2019. O treinador, muito querido por diversos jornalistas e ex-jogadores que hoje são comentaristas, era defendido por uma boa parte da imprensa e tal fato incomodou o jornalista, que apelidou o grupo de “clube do vinho”.

Zinho, comentarista da Fox Sports, e Junior, analista de jogos do Grupo Globo, não gostaram nem um pouco da postura de Mauro e fizeram criticas ao colega. Contudo, ao longo de 2019, Pereira não ficou calado e continuou cutucando os companheiros tanto pela web quanto nos canais ESPN.

Mauro Cezar x Alê Oliveira

Mauro Cezar e Alê Oliveira já discutiram na época que ambos trabalhavam na ESPN Brasil em 2015. O comentarista afirmou que o Flamengo estava tentando contratar Robinho e Pereira interrompeu o colega, dizendo que aquela informação era coisa da imprensa.

“Então fala, Mauro. Depois eu falo”, disse Alê irritado. “Tá bom, Alexandre. Pode falar. Você gosta de distorcer as coisas que a gente fala”, rebateu Mauro. “Vamos em frente, amigo”, acrescentou o jornalista. Apesar do clima tenso, eles seguiram a atração debatendo o tema.

Mauro Cezar x PVC

Mauro Cezar já afirmou que chegou à ESPN por causa de uma indicação de Paulo Vinicius Coelho. Inclusive, agradeceu o ex-companheiro de emissora em seu texto de despedida. Entretanto, isso nunca o impediu de discordar do colega e os dois já bateram boca na emissora.

Eles discordaram sobre os motivos que levaram o Botafogo a cair novamente para a segunda divisão em 2014. “Não é discutível. Teve muitas convenções”, disse PVC. “Pouquíssimos eventos. Você acha que isso gera toda esta receita? Gostaria de ver estes números, publica no seu blog. O estádio estava abandonado”, retrucou Mauro.

“Mauro, não foge da questão central. Eu fui muito claro, você me interrompeu”, afirmou Paulo Vinicius. “Eu estou tentando ser claro também, se você me permitir. Então termina seu discurso. Você está falando há um tempão, pode acabar. Eu fico aqui não falo mais nada então”, rebateu Cezar.

Mauro Cezar x João Carlos Canalha

Mauro divulgou seu texto escrito no seu antigo blog da ESPN falando sobre a ação da ex-presidente Dilma Rousseff em relação aos eventos esportivos programados no Brasil. O jornalista declarou que a antiga governante demorou para agir, mas João Carlos Canalha discordou.

“Pra mim, demorou. É a minha opinião. Acho que ela demorou”, disse Mauro. “Desculpa, é a sua opinião, fica claro que é a sua opinião, Mauro. Você não precisa fazer essa ressalva. Parece que toda vez que alguém te contraria, alguém tá querendo brigar com você”, retrucou João.

“Ninguém tá querendo brigar, João”, afirmou Cezar. “Então você reaja de uma maneira mais educada, por favor, quando eu discordar de alguma coisa”, pediu Canalha, não escondendo seu nervosismo com o colega.

“Então você discorde, fique a vontade. A minha opinião é que a presidente demorou demais pra tomar uma atitude, mas uma atitude corajosa. Espero que faça algo em relação a Copa do Mundo. Pode ficar com a palavra pra contrariar, assim você não fica nervoso”, provocou Mauro.

“Tá vendo? Essa é a sua reação”, rebateu João. “Lógico, você tá me agredindo ao vivo na televisão”, desabafou o jornalista. “Sou o cara mais democrático aqui. Eu te ouço com toda cautela pra fazer inserções nos seus comentários, porque você sempre se irrita”, declarou Canalha. “Eu me irrito sim. Eu que estou irritado”, ironizou o comentarista. “Eu fiquei irritado mesmo”, concluiu o apresentador.

Mais Notícias