Reportar erro
Exclusivo

Após sucesso do Falas Negras, Globo fará especial sobre ícones feministas

Planejamento da emissora é exibir episódio no Dia Internacional da Mulher, em março

Personagens do especial Falas Negras
Falas Negras teve grande repercussão e animou Globo para novos especiais - Fotos: João Cotta e Victor Pollak/TV Globo
Gabriel Vaquer

Publicado em 18/12/2020 às 17:23:37

Depois do sucesso do especial Falas Negras, que retratou grandes ícones do movimento negro do mundo em novembro, a Globo vai novamente fazer um programa pontual sobre movimentos do tipo, desta vez focado nas mulheres. Para março de 2021, a emissora já está produzindo uma atração sobre ícones feministas e que foram importantes para a história da humanidade. A ideia é que ele vá ao ar no Dia Internacional da Mulher, em 8 de março.

Provisoriamente, o programa é chamado de Falas Femininas. Segundo apurou a reportagem do NaTelinha, redatoras e produtoras já estão sendo designadas para o processo de criação. A ideia é que apenas mulheres façam parte de toda a produção. A ideia inicial veio de Manuela Dias, autora de Amor de Mãe e a principal responsável pelo Falas Negras.

Manuela achou pertinente fazer algo para falar de mulheres e a Globo gostou da sugestão. Correndo tudo da melhor forma possível, ainda mais porque a pandemia do novo coronavírus afeta produções, Falas Femininas deve ir ao ar logo depois da novela das 21h, em comemoração à semana da mulher.

Mas o principal motivo do Falas Femininas ter sido aprovado foi os elogios ao Falas Negras, dentro e fora. Além da audiência satisfatória, a repercussão junto ao público foi a melhor possível. O cuidado técnico também animou os executivos, que encontraram ali um produto premium que pode ser usado no futuro.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo confirmou a continuidade de especiais dentro do projeto Identidade, sem garantir ainda, porém, o episódio sobre as mulheres. "Quando divulgamos Falas Negras, falamos que fazia parte de um projeto maior chamado Identidade. Teremos especiais durante o próximo ano aproveitando algumas efemérides. O projeto começou em novembro, com Falas Negras, e deve seguir em frente".

Globo também pensa em especial para o Dia do Orgulho LGBT

Seguindo nesse pensamento de continuidade, uma ala da emissora já defende a produção de um especial com ícones da comunidade LGBTQIA+, que seria exibido em junho, no dia do orgulho da comunidade. A Globo também avalia essa questão e gosta, mas quer pensar em um especial de cada vez.

Falas Negras foi exibido em 20 de novembro, no Dia da Consciência Negra, e marcou bons índices de audiência para o horário - 15,5 pontos de média em São Paulo, indo ao ar depois das 23h. No especial, atores negros interpretam figuras negras importantes. Taís Araújo, por exemplo, fez a vereadora Marielle Franco, morta em março de 2018 no Rio de Janeiro.

Falas Femininas também já está no planejamento comercial da Globo para esse início de 2021. A emissora tenta vender o programa para anunciantes, mas ainda de forma discreta.

Mais Notícias