Exclusivo

Último programa de Rodela descumpriu protocolos contra Covid-19; direção nega

Artista morreu aos 66 anos por complicações do novo coronavírus

 Último programa de Rodela descumpriu protocolos contra Covid-19; direção nega
Rodela em sua última gravação para a TV, ao lado de Hulk Magrelo - Foto: Reprodução/Instagram

Paulo Pacheco

Publicado em 03/12 às 14:00:01

O humorista Rodela, uma das 174.515 vítimas do novo coronavírus no Brasil, tem uma participação inédita em um programa de TV. Em sua última gravação, encontrou dezenas de artistas em um local fechado, com plateia e aglomeração comprovada em imagens publicadas nas redes sociais.

continua depois da publicidade

Rodela, personagem de Luiz Carlos Ribeiro, morreu na última quarta-feira (3), após quase duas semanas internado no Hospital Geral de Guarulhos, referência para o tratamento de Covid-19 na Grande São Paulo (ele morava na cidade vizinha, Itaquaquecetuba). Após sentir falta de ar, foi diagnosticado com pneumonia e coronavírus. Também sofria de pressão alta e precisou se submeter a sessões de hemodiálise em função da piora da atividade renal, mas não resistiu a três paradas cardíacas.

continua depois da publicidade

Três semanas antes da internação, Rodela foi convidado pelo humorista William Paes, conhecido como Hulk Magrelo, para participar da gravação do piloto (programa teste) do Temperatura Jovem, idealizado para ir ao ar na televisão, porém com produção própria e sem emissora definida.

Ao NaTelinha, Hulk Magrelo conta que pretendia fixar o amigo no elenco do programa: "Conheço Rodela desde 1998. Fizemos um piloto, combinamos que ele estaria junto comigo, estávamos projetando publicar no YouTube. Estamos tristes com essa situação. Fazíamos muitos eventos juntos em lojas. Estou mal, velho".

continua depois da publicidade

A reportagem apurou que duas edições do programa foram gravadas no dia 10 de novembro, em um estúdio na Bela Vista, centro de São Paulo. Em fotos divulgadas no perfil do programa, é possível ver dezenas de pessoas muito próximas em um galpão fechado e desprotegidas contra o coronavírus.


Gravação do programa Temperatura Jovem, em 10 de novembro - Foto: Montagem/Reprodução/Instagram

Uma fonte ligada a um dos convidados confidenciou à reportagem as condições do local, inapropriado para a gravação do programa em plena pandemia: "Tinha muita gente, de verdade. No camarim, havia muitos artistas e calouros, estavam todos juntos. Estávamos de máscara, mas depois de muito tempo em um lugar abafado não aguentamos e a tiramos".

continua depois da publicidade

Entre os artistas que participaram da gravação, estiveram presentes a banda Djavú, que aparece na última publicação de Rodela no Instagram, os funkeiros MC Menor MR e Créu e o sambista Royce do Cavaco, que testou positivo para Covid-19 duas semanas após o programa. Sua mulher, Sandra Regina, também foi infectada. O cantor cancelou a agenda quando sentiu os primeiros sinais da doença.

Outros três artistas consultados pelo NaTelinha relataram diagnóstico negativo para Covid-19.

continua depois da publicidade

Alguns convidados chegaram a publicar fotos da atração como sendo da RedeTV!. Hulk Magrelo, a produtora e a emissora desmentem a negociação. Segundo o apresentador, a intenção é publicar o material no YouTube e, em seguida, tentar negociar com algum canal, embora o valor elevado para comprar um horário na TV seja um obstáculo.

Outro lado


Royce do Cavaco entre os convidados do Temperatura Jovem; sambista testou positivo após gravação - Foto: Reprodução/Instagram

continua depois da publicidade

Procurada pelo NaTelinha, a diretora da agência Ligêro!, responsável pelo programa Temperatura Jovem, Cristiana Trindade, diz que respeitou os protocolos sanitários para a gravação: "Não tinha tanta gente assim. Tomamos todas as precauções necessárias. É que agora voltou para a fase amarela, mas em casas de shows e barzinhos a capacidade permitida era 60%, hoje é 40%. Tínhamos álcool gel, medimos temperatura e os convidados chegaram de máscara. A pessoa chegava e já gravava, foi assim que a gente fez".

continua depois da publicidade

Desde a última quarta, o governo paulista endureceu as restrições em decorrência do aumento de internações por Covid-19 no estado e incluiu todas as cidades na fase amarela do Plano São Paulo (instaurado para controlar a flexibilização da atividade econômica durante a pandemia), em que bares e restaurantes podem funcionar com 40% de lotação.

Diferentemente do que afirmou a diretora da agência, a atualização do Plano São Paulo proíbe eventos com público mesmo na fase verde, mais branda, na qual o governo estadual havia colocado a capital em 9 de outubro. Isso significa que a gravação do programa Temperatura Jovem com Rodela descumpriu o protocolo sanitário instituído pela administração pública.

continua depois da publicidade

"Atividades que gerem aglomeração, tais como festas, baladas, torcidas em estádio e grandes shows com público em pé, não estão autorizadas mesmo nas regiões classificadas na fase 4 (verde)", informa o Plano São Paulo do governo estadual, atualizado em 9 de outubro.

Para a responsável pela produtora da atração, os casos envolvendo Royce do Cavaco e Rodela foram isolados, já que nenhum outro convidado passou mal após a gravação. Hulk Magrelo disse que testou negativo para Covid-19.

continua depois da publicidade

"Não aconteceu nada com ninguém, só houve essas duas situações. Royce tinha um compromisso e à noite sentiu um mal-estar. Ninguém pega Covid e passa mal no mesmo dia. Vai se manifestar depois. Não sei se foi exatamente Covid, tudo que acontece hoje é Covid. Se morre de alguma coisa, é Covid. Conheço pessoas próximas a mim que morreram de uma coisa no hospital e falam que é Covid, por causa dessas brigas políticas, para poder acusar o governo, não sei quem. Na hora que ele chegou, estava tudo bem, mediu a temperatura, estava normal. Não foi por causa do programa, senão mais pessoas teriam passado mal", afirma.

continua depois da publicidade

Cristina Trindade complementa: "Quando soube do Rodela, não fui fazer teste porque ele não passou mal por causa de Covid. Cada um escreve a matéria do jeito que quer, mas foi por causa do pulmão dele, um outro problema. Como vou me desesperar para fazer teste de Covid se ele estava internado por outra coisa? Agora que ele morreu, disseram que foi por Covid. Talvez ele tenha pegado no hospital. É um lugar bem arriscado, ainda mais se estiver doente".

continua depois da publicidade

TAGS: