Memórias

No Fantástico, Xuxa diz que Marlene Mattos abusou de poder: "Hoje não aceitaria"

Em entrevista à Globo, apresentadora relembrou relação polêmica com a ex-empresária

 No Fantástico, Xuxa diz que Marlene Mattos abusou de poder: "Hoje não aceitaria"
Divulgando sua autobiografia Memórias, Xuxa relembrou a trajetória na TV em entrevista ao Fantástico - Foto: Reprodução/Globo

Redação NT

Publicado em 01/11/2020 às 16:30:00

Xuxa volta a aparecer na Globo neste domingo (1º), em entrevista para o Fantástico. Na conversa com a repórter Renata Ceribelli, a apresentadora fala sobre sua autobiografia, Memórias, lançada recentemente. Deixando a Record no fim do ano, a eterna Rainha dos Baixinhos relembrou sua trajetória e a parceria de sucesso, que terminou de forma melancólica, com sua ex-empresária Marlene Mattos.

continua depois da publicidade

"Foi uma pessoa que mexeu muito com a minha cabeça. Não só com a minha, mas com a das Paquitas.  As histórias [de Xuxa e das Paquitas] se misturam quando a gente conversa sobre isso e vê que ela usou muito abuso de poder em cima da gente", relatou Xuxa, em entrevista ao Fantástico.

A loira detalhou que elas nunca foram forçadas a nada por Marlene, mas aceitaram uma situação de abuso de poder da diretora. "Deixei ela tomar conta da minha vida. Ela fazia as coisas e eu aceitava. Aceitar ser conivente é uma coisa que eu não aceito (hoje) de jeito nenhum. Nem dela, nem de ninguém", refletiu.

continua depois da publicidade

"Eu falava amém e acabou", relata Xuxa sobre relação com Marlene Mattos

O Fantástico também entrevistou Marlene Mattos, que disse não se arrepender de sua postura no passado. Ao jornalístico da Globo, ela afirmou que só agindo daquela forma as duas alcançariam tamanho sucesso. A empresária trabalhou com Xuxa entre a década de 1980 e início dos anos 2000.

A parceria durou quase 20 anos e deu origem a êxitos como Xou da Xuxa (1986-1992), Xuxa Park (1994-2001) e Planeta Xuxa (1997-2002), além de milhões de discos vendidos, filmes que foram campeões de bilheteria e uma carreira internacional. Em 2002, elas romperam definitivamente após uma sucessão de brigas e acusações.

continua depois da publicidade

Ao relembrar sua trajetória no dominical da Globo, Xuxa acrescentou: "Eu falava amém e acabou. Acho que não era só comigo. Era com todo mundo que trabalhava comigo. Quando pergunto: por que vocês aceitavam? As pessoas dizem: 'porque você aceitava'". Os trechos da entrevista foram antecipados pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo.