Reportar erro
Band

Datena volta ao Brasil Urgente e diz que diabetes provocou infarto: "Pior dor"

Apresentador fez apelo para o público não deixar de cuidar da saúde

José Luiz Datena conversa com Cátia Fonseca em retorno ao Brasil Urgente
José Luiz Datena conversa com Cátia Fonseca em retorno ao Brasil Urgente - Foto: Reprodução/Band
Paulo Pacheco

Publicado em 30/10/2020 às 17:20:01

Seis dias após sofrer um infarto, José Luiz Datena voltou ao Brasil Urgente nesta sexta-feira (30). Durante o "papo de janela" com Cátia Fonseca, o apresentador agradeceu ao público pelas mensagens de apoio e carinho, atribuiu a parada cardíaca ao diabetes mal controlado e brincou que só vai melhorar quando brigar com alguém. 

"Ganhei mais uma chance de viver mais um pouquinho", comemorou Datena no início do Brasil Urgente. "Hoje de manhã eu estava no hospital. Vai demorar para eu pegar no breu aqui. Eu só vou ficar bom quando eu brigar com alguém (risos)", disse o jornalista.

Cátia Fonseca admitiu preocupação com o amigo: "Se cuida, porque você quase me matou de susto. Domingo de manhã, na hora do almoço, eu quase infartei junto!".

Datena respondeu que se cuida, porém é difícil controlar o diabetes desde a retirada de um tumor no pâncreas, órgão que produz insulina, hormônio que ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue.

"Tenho uma dieta equilibrada, mas eu fiz uma cirurgia de pâncreas há muito tempo, porque minha glicemia é muito difícil de controlar, e isso que eu queria chamar a atenção das pessoas. O diabetes é uma doença silenciosa, mata você sem que você perceba. Tive um tumor no pâncreas e precisei operar. Essa parte do pâncreas produzia as células de insulina, e não tenho mais. Mesmo levando uma vida regrada, agora vou fazer um pouco mais de exercício. É muito difícil, muito complicado. Quem tem diabetes: não subestime, porque é terrível", implorou.

O apresentador contou que o diabetes provocou o entupimento dos stents que implantou nas artérias para permitir a circulação sanguínea. Ele reconhece que a dor do infarto é a pior que já sentiu na vida.

"Coloquei cinco stents em três artérias, há nove meses. Todos estavam com entupimentos, quatro quase que totais. Um mais ou menos. Se você não cuidar do diabetes, ele entope, é impressionante. No último mês, eu estava até um pouco mais irritado, mas é porque o meu sangue não passava direito para o meu coração. Não sentia absolutamente nada, é uma doença silenciosa. Agora, a dor do infarto eu não desejo para ninguém. Não desejo nem para uma lista que eu posso fazer aqui, porque é a pior dor que eu já senti na minha vida, foi terrível. Você pede de qualquer jeito para passar a dor", revelou.

Datena ainda fez um apelo para os telespectadores cuidarem da saúde: "Não deixe de ir ao hospital para fazer os exames regulares por causa do coronavírus. Você que tem problema sério como eu, você tem que ir ao hospital. Não adianta achar que vai pegar coronavírus, porque se você não fizer não morre de coronavírus, mas morre de outra coisa".

Mais Notícias