Reportar erro
Tributo a ator

Globo bate recorde com Pantera Negra e alcança 46 milhões de brasileiros

Homenagem ao ator Chadwick Boseman turbina audiência da emissora

O ator Chadwick Boseman como Pantera Negra
O ator Chadwick Boseman como Pantera Negra (Foto: Reprodução/Marvel)
Paulo Pacheco

Publicado em 01/09/2020 às 17:10:00

A Globo alterou em cima da hora o filme da Tela Quente e se deu muito bem. Com a exibição de Pantera Negra no lugar de O Que Te Faz Mais Forte, para homenagear o ator Chadwick Boseman, a sessão inédita bateu recorde de audiência.

No PNT (Painel Nacional de Televisão), que reúne índices das 15 maiores regiões metropolitanas do Brasil, Pantera Negra registrou 24 pontos, maior audiência desde outubro de 2019. Cada ponto equivale a 260.558 domicílios.

A Tela Quente também atingiu o maior share desde setembro de 2018. Share é o percentual de televisores sintonizados em um canal. De cada 100 aparelhos ligados, 52 estavam em Pantera Negra.

Segundo dados consolidados da Kantar Ibope, o filme alcançou mais de 46 milhões de brasileiros, o melhor resultado da sessão de filmes desde novembro de 2019.

Em São Paulo, o primeiro super-herói negro do cinema também bateu recorde: 27,1 pontos e 50,5% de participação nos televisores ligados.

Antes de exibir Pantera Negra pela primeira vez na TV aberta, a Globo escalou o jornalista Manoel Soares, dos programas Encontro e É de Casa, para explicar a importância do filme para a cultura e para o combate ao racismo.

Chadwick Boseman, o Pantera Negra, morreu na última sexta-feira (29), aos 43 anos, vítima de um câncer no cólon diagnosticado em 2016.

Mais Notícias