Estreia hoje

Hebe: Maquiador e fã número 1 desmentem série da Globo; saiba o que é falso

Produção sobre dama da TV brasileira gerou controvérsia; confira detalhes

Hebe: Maquiador e fã número 1 desmentem série da Globo; saiba o que é falso
Andrea Beltrão em Hebe, minissérie da Globo (Foto: Divulgação)

Publicado em 30/07/2020 às 04:30:01 ,
atualizado em 30/07/2020 às 20:29:00

Por: Paulo Pacheco

Os créditos finais da série Hebe, que estreia nesta quinta-feira (30), avisam: "Esta é uma obra de ficção livremente inspirada na vida da apresentadora Hebe Camargo". Quem conheceu a dama da TV brasileira na intimidade, porém, questiona a tal "liberdade" da Globo e afirma que a produção biográfica é falsa.

Perpétua Lopes, 65 anos, se orgulha de dizer que acompanha Hebe há quatro décadas, desde quando a loira comandava sua atração na extinta TV Tupi ("Eu tinha o celular dela e ela já me convidou para o Natal"). A proximidade se estendeu para fora dos estúdios de televisão, e a apresentadora passou a se encontrar com seus fãs "número 1".

Feirante na época em que "cabulava" o trabalho para ficar na plateia do programa de Hebe, Perpétua se chocou ao ver sua diva bebendo uísque no camarim que costumava frequentar para entregar frutas à apresentadora. "Ela não bebia durante o programa. O que eu a via tomar muitas vezes era café. Uma vez eu a vi no camarim comendo biscoito de polvilho com café. No SBT, ela fazia propaganda de cerveja e só bebia no merchandising. Mas botaram uma mulher bebendo uísque", critica.

Crítica ferrenha do filme sobre Hebe, lançado em 2019, a fã considera a série "90% melhor", mesmo com muitas cenas extraídas da produção para o cinema, pois retrata todas as fases da apresentadora, da infância pobre ao câncer que a vitimou em 2012. Entretanto, ela considera "mentirosas" as cenas de violência e "desnecessárias" as de sexo.

"A Andrea Beltrão está muito bem no papel, ela é maravilhosa. Foi bem até demais, porque pegou uma personagem completamente diferente dela e fez muito bem", opina Perpétua, que reclama do texto, assinado por Carolina Kotscho com base em declarações de Hebe, programas antigos e entrevistas com a própria fã e outras pessoas próximas. "O roteiro é completamente fake. Ali não tem nada de Hebe."

Hebe Camargo ao lado de Perpétua Lopes, sua fã número 1 (Foto: Reprodução/Arquivo pessoal)

Maquiador de Hebe: "Não vou ver nem fu..."

Já o maquiador e cabeleireiro Edu Sacchiero, que trabalhou com Hebe durante uma década e escreveu um livro sobre como ela salvou sua vida, rejeita veementemente a série da Globo: "Se eu vou ver na TV? Nem fu…". O profissional reprova a construção da personagem de Andrea Beltrão e desabafa que não conseguiu ver sua ex-patroa na produção biográfica.

"Quando vi o filme e a minissérie, eu não consegui me emocionar. Andrea Beltrão colocou uma peruca na cabeça, decorou o roteiro e, como boa atriz, fez o papel dela, mas não conseguiu trazer a Hebe de verdade. Até alguns figurinos que a Andrea usou a Hebe jamais usaria. Eu conhecia os gostos dela. Eu não a teria escalado para interpretá-la. Eu chamaria Débora Reis, atriz do musical da Hebe, ou até a Antonia Fontenelle", sugere o maquiador.

Segundo Sacchiero, o roteiro do filme e da série ficaram sob responsabilidade de Cláudio Pessutti, sobrinho de Hebe e interpretado por Danton Mello. O único filho da apresentadora, Marcello Camargo, não pôde interferir nas cenas que considerou equivocadas ou mentirosas. Ele expôs sua insatisfação em um áudio publicado em sua rede social.

Hebe Camargo e Edu Sacchiero, seu maquiador e cabeleireiro (Foto: Arquivo pessoal)

"A minissérie eu divido em duas partes. A parte ela jovem, batalhando pelo trabalho para ocupar o lugar dela, eu achei muito bacana e muito fiel à realidade, pelo que ela me contava. Minha prima viu do meu lado e me disse que foi bastante fiel. Já [a parte do] filme, para mim, é o oposto: totalmente infiel. Mostra uma Hebe que eu não reconheci. Realmente, discordo de muita coisa ali. Já falei, ela nunca bebia uísque, não bebia no camarim, nunca bebeu no trabalho, jamais deixava o público esperando, não falava palavrão, nunca jogou microfone no chão", disse o filho de Hebe.

Enteada de Hebe, Leila Ravagnani comentou a publicação de Marcello: "Usaram os nomes da Hebe Camargo e do meu pai, Lelio Ravagnani, para fins lucrativos! […] Decepcionante em todos os sentidos".

Procurado pelo NaTelinha, Marcello Camargo agradeceu o contato, porém optou por não se manifestar: "Já me estressei demais".

Confira cinco cenas da série Hebe que são diferentes na vida real (contém spoilers):






Siga o NaTelinha nas redes sociais


Reportar erro

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!