Covid reality

Big Brother pode estrear nos EUA em meio a pandemia do coronavírus

Reality estreia no verão na Terra do Tio Sam, assim como no Brasil

Big Brother pode estrear nos EUA em meio a pandemia do coronavírus
Julie Chen comanda o Big Brother nos Estados Unidos - Divulgação/CBS

Publicado em 20/05/2020 às 10:20:45 ,
atualizado em 20/05/2020 às 10:27:52

Por: Redação NT

Embora a pandemia do novo coronavírus já tenha infectado mais de 1,5 milhão de pessoas e matado quase 93 mil, a rede de televisão CBS não descarta estrear uma nova temporada do Big Brother até o final do verão nos Estados Unidos, entre junho e setembro.

Não existem planos formais para retomar a produção, mas o presidente da CBS Entertainment, Kelly Kahl, entregou ao Deadline que está "otimista" a estreia da 22ª segunda temporada do reality no país.

A produção apresentada por Julie Chen estaria normalmente em andamento para estrear em junho, mês tradicional que o Big Brother se inicia, assim como no Brasil sempre começa em janeiro. "Esperamos estar no ar ainda neste verão. Pode ser um pouco mais tarde que o habitual, mas ainda estamos otimista quanto a isso", disse Kahl.

O executivo acrescentou ainda que o Big Brother é um programa dinâmico, e depois que ele começa, não há "longos processos pós".

Big Brother no Brasil

Quando o Brasil entrou em quarentena, na segunda quinzena de março, o BBB20 caminhava para sua reta final. Sob apresentação de Tiago Leifert, contava com quase dois meses no ar.

Ainda assim, o reality da Globo ganhou quatro dias, sempre ressaltando as orientações da Organização Mundial da Saúde. Vale lembrar que o programa quebrou o protocolo na noite de 16 de março, quando ao lado de um infectologista, Leifert explicou aos brothers a situação que o mundo atravessava, com a descoberta de um novo vírus.

O programa terminou dia 27 de abril, numa segunda-feira, consagrando Thelma Assis como grande campeã, embolsando R$ 1,5 milhão.

publicidade




LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!