Polêmica

No Cidade Alerta, mãe descobre ao vivo quem matou sua filha e Bacci diz: "Machucou"

Jornalístico foi criticado nas redes sociais pela cena


Luiz Bacci apresentando o Cidade Alerta
Momento em que a mãe descobriu a morte da filha - Foto: Reprodução/Record

O Cidade Alerta, da Record, enfrentou muitas críticas na noite da última segunda-feira (17). O apresentador Luiz Bacci passava informações sobre o caso da jovem Marcela, de 21 anos, que estava desaparecida em Guarulhos. Na exibição ao vivo, a mãe da vítima iria conversar com o jornalista e escutou do advogado do seu genro que o rapaz havia matado sua filha, entrando em desespero e caindo no chão. O caso repercutiu na internet e Luiz Bacci se defendeu das críticas.

"Sobre o caso Marcela, é mais um caso que terminou de maneira triste. Estou lendo comentários aqui de pessoas machucadas com aquela imagem da mãe recebendo a notícia da morte da filha. Por mais que seja um caso esperado, de fim tráfico, porque o caso da Marcela já tinha vários indícios do que poderia ter acontecido, da agressividade do Carlos, a briga dele com os irmãos, quem acompanhou o caso todo no programa sabe bem", explicou.

"Antes, quando a gente acompanha um caso, eu sempre pergunto pra família se ela quer acompanhar ao vivo o desdobramento do caso, como foi o caso da Marcela", continuou. "A mãe da Marcela quis saber das informações ao vivo. Nós recebemos contato do advogado para esclarecer melhor, porque a família sabia que o Carlos tinha se entregado, então ficou no ar a pergunta o que ele realmente tinha dito pra polícia. Ele acabou contando pra gente, a mãe ouviu e passou mal".

"Qualquer parente não conseguiria segurar a emoção neste caso, né? A gente fica triste, porque a gente tem esperança de todos os casos que são mostrados para que tenha um desfecho feliz", acrescentou. "É uma cena que machucou a gente demais, por mais que a gente esteja acostumado, porque faz parte do nosso dia-dia, que é lidar com essas notícias, o programa demanda de uma energia tão grande, um programa que a gente entra todo dia sem saber qual vai ser o fim dele, porque as histórias não são conduzidas pela gente, são conduzidas por Deus, então a gente sempre acha que está preparado pra todo tipo de notícia. Então o programa de hoje serviu pra gente aprender", posicionou-se o jornalista.

O caso de Marcela no Cidade Alerta

Bacci foi informado que a mãe de Marcela conversaria com ele e o apresentador explicou que ela receberia informações da investigação, pedindo que ela fosse firme para escutar as palavras do defensor do assassino. “Dona Andreia, preciso que a senhora seja muito forte”, afirmou.

O rapaz, identificado como Carlos, está sendo defendido pelo advogado Alan, que falou por telefone sobre o crime, chocando a todos com as revelações, apesar do inquérito se encontrar em sigilo. “Pela manhã, apresentei o caso na delegacia. O Carlos deu um pré-depoimento. Ele confessou a autoria do crime e nos trouxe ao local onde, infelizmente, foi encontrado o corpo [da Marcela]”, disparou.

A tela estava dividida e dona Andreia foi ficando tensa com as informações. “Foi uma fatalidade no calor da emoção”, explicou o advogado, deixando claro que não foi um crime premeditado. "Não, ele não fez isso com a minha filha", declarou a mãe da jovem, caindo no chão, aos gritos.

A produção do Cidade Alerta não cortou o link na hora e o telespectador viu a mulher sendo erguida enquanto chorava. “O que ele falou?”, perguntou uma pessoa que acudia a mãe de Andreia.

Reação de Luiz Bacci

Bacci ficou horrorizado com a informação e colocou a mão na boca. Ele não pediu para que o link fosse cortado e continuou conversando com o advogado. “Doutor, eu não sabia. Ele confessou?”, indagou o jornalista.

O Cidade Alerta vem acompanhando o caso Marcela há dias. A jovem desapareceu em Guarulhos após brigar com o namorado, Carlos, e o que mais chocou é o fato da moça se encontrar grávida de quatro meses.

Telespectadores criticaram

A forte cena ganhou as redes sociais e o Cidade Alerta foi muito criticado. “Esse programa tinha que ser extinto”, afirmou uma internauta. “Meu Deus, que coisa absurda isso”, declarou outro usuário. “Alguém precisa dar um freio nesses programas”, publicou um terceiro.

Mais Notícias