Reportar erro
Prévia

De manhã e com piadas sexuais, "Alarma TV" deixa SBT na vice-liderança

Programa voltou a grade da emissora de Silvio Santos nesta quinta (03)

"Alarma TV"
Programa "Alarma TV" - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 03/10/2019 às 16:00:00

Tira casaco, coloca casaco. A frase do filme “Karatê Kid” pode ser usado para definir o “Alarma TV” no SBT. Após amargar uma derrota acachapante para a Record na noite da última terça-feira (01), sendo cancelado no dia seguinte, o programa foi resgatado por Silvio Santos na manhã desta quinta-feira (03), contendo piadas sexuais, e fechou na segunda colocação.

De acordo com dados prévios do Kantar Ibope, a atração considerada a “mais violenta do mundo” teve média de 4,4 pontos entre 10h30 e 11h30. No mesmo horário, a Record exibiu o “Hoje em Dia” e o resultado foi de 4,2, enquanto a Globo, líder com o “Encontro com Fátima Bernardes”, fixou-se com 6,5.

O retorno da atração surpreendeu os telespectadores da emissora de Silvio Santos. De última hora, o SBT o colocou para anteceder o infantil "Bom Dia & Cia". Alarma TV" é um programa destinado ao público latino que vive nos Estados Unidos e é considerado um dos mais violentos do mundo.

"Com uma equipe de pesquisadores profissionais de diferentes países, a 'Alarma TV' investiga e encontra as histórias mais incríveis para informar seu público", é assim que a produção que é voltada para o público latino na TV dos EUA se define em sua página na internet.

No YouTube, é possível encontrar alguns vídeos soltos do polêmico programa que acabou de estrear no SBT. Há gravações com mais de 100 mil visualizações e sempre com o aviso de que trata-se de imagens fortes e impróprias.

Críticas na web

Durante sua estreia, os internautas não perdoaram a primeira apresentação do programa. Diversas críticas foram feitas no Twitter e detonaram o enlatado comprado por Silvio Santos.

Conforme noticiado e apurado pelo NaTelinha, a baixa audiência fez com que a atração durasse apenas um dia. Mas Silvio Santos viu potencial no "Alarma TV" e curiosamente o colocou antes de um produto infantil.

 

TAGS:
Mais Notícias