Briga por notícia

Fábio Pannunzio acusa Globo de 'roubar' vídeo exclusivo sobre morte de Rafael Miguel

Imagens mostravam homem apontado como assassino do ator em fuga

Fábio Pannunzio acusa Globo de 'roubar' vídeo exclusivo sobre morte de Rafael Miguel
Fábio Pannunzio criticou a Globo após colega fazer denúncia de imagens - Reprodução

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 19/06/2019 às 09:55:27 Atualizado em 19/06/2019 às 12:42:41

O âncora do "Jornal da Band", Fábio Pannunzio, utilizou suas redes sociais para acusar a Globo de tratar como inédito um vídeo que foi exibido um dia antes no "Brasil Urgente". A gravação envolvia o acusado de assassinar o ator Rafael Miguel.

Tudo começou quando o repórter Maicon Mendes utilizou seu perfil no Twitter para reclamar do uso de um vídeo de segurança que mostrava Paulo Cupertino, apontado como autor dos disparos contra o jovem e os pais dele, fugindo do local do crime e tratar a gravação como inédita.

“Estou trabalhando no caso do ator Rafael Miguel desde o início. Mais de 10 horas por dia. Com reportagens exclusivas. Eu e minha equipe. Com humildade, ética e dinamismo. Tudo conquistado com muito suor. Para ver a Rede Globo copiar o meu trabalho e colocar como exclusivo deles?!”, escreveu o repórter.

A partir daí, Fábio Pannunzio fez questão de apoiar o jornalista e também de criticar a postura do canal do Grupo Globo. "Mais uma vez a Globo usa imagens obtidas e exibidas 24 horas antes pelo meu colega Maicon Mendes para anunciá-las como uma exclusividade que elas efetivamente não são. Quem quiser conferir pode acessar os links abaixo.", escreveu em seu próprio perfil.

Na verdade não foi exatamente a Globo quem exibiu o vídeo e o tratou como inédito. Tudo aconteceu no "Jornal Globo News - Edição das 16h", apresentado pela jornalista Christiane Pelajo que chamou sua repórter para falar do assunto já tratando a gravação como inédita.

"Imagens inéditas de uma câmera de segurança mostram o pai da namorada do Rafael em fuga momentos depois de ter cometido o triplo assassinato", afirmou Pelajo segundos antes de chamar a repórter Daniela Salerno que endossou a mesma informação.

"Imagens inéditas que a gente teve acesso agora e que mostra toda a movimentação momentos antes e depois do crime", cravou Daniela durante o jornalístico da última terça-feira (18).

Acontece que, um dia antes, dentro do "Brasil Urgente" as mesmas imagens foram exibidas e dentro do mesmo contexto. O repórter Maicon Mendes abriu a reportagem já tratando como exclusivas. 

"As imagens que vocês vão ver agora são exclusivas e não haviam sido divulgadas por nenhuma emissora de televisão. Você verá os últimos momentos da família do ator Rafael Miguel na zona sul de São Paulo", a partir daí o vídeo começa a ser exibido e a narração continua.

"O carro vermelho dirigido pelos pais do ator aparece virando a esquina da casa de Isabella. Agora repare no outro lado da rua, uma mulher desce pela calçada. De repente, ela para e volta assustada e se abaixa atrás do carro. A família do ator já está sendo executada, os tiros assustam até os pombos perto do telhado. Em seguida, surge o assassino, Paulo Cupertino Mathias, de 48 anos, ele anda calmamente e chega a olhar para a câmera de segurança e continua andando pela calçada. Por outro ângulo, Paulo Cupertino continua andando, depois corre e atravessa a rua", encerra.

O NaTelinha assistiu às duas reportagens completas e confirmou tratar-se das mesmas imagens exibidas, tanto na Band quanto na Globo News. No caso da Globo, o único jornal a exibir as mesmas imagens foi o "SPTV" em sua segunda edição, que vai ao ar no início da noite. Embora tenha levado ao ar a gravação, o jornal que é transmitido para a grande São Paulo, não afirmou se tratar de imagens exclusivas ou inéditas.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!