PlayPlus

Ivan Moré ganha status de estrela e deve ter programa em plataforma da Record

Jornalista deixou a Globo e deve assinar contrato com a Record nos próximos dias

Ivan Moré ganha status de estrela e deve ter programa em plataforma da Record
Ivan Moré deve fechar com a Record nos próximos dias - Foto: Montagem

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 14/06/2019 às 05:00:47 Atualizado em 14/06/2019 às 09:55:04 com Daniel César

Ivan Moré ainda não assinou contrato com a Record, mas está apalavrado com a direção da emissora. A intenção é tratá-lo como principal estrela do setor esportivo do canal, dando sinal verde para ele participar de atrações da casa e ter uma produção própria no PlayPlus.

O NaTelinha apurou que a direção da Record quer popularizar o streaming e o jornalista deve ser utilizado para alavancar o interesse do público que gosta de esporte. A ideia é que Moré crie um projeto solo com foco na plataforma digital.

O jornalista Flávio Ricco noticiou que a chegada de Ivan Moré pode fazer a Record criar um programa esportivo diário na TV aberta. A ideia é exatamente essa e existe enorme expectativa para que o plano não fique apenas no papel. Contudo, há empecilhos que precisam ser levados em conta.

Um deles é o fato da emissora não ter nenhum evento do futebol masculino de dia-a-dia, como os campeonatos estaduais e nacionais. Vale ressaltar que o Campeonato Brasileiro fez parte da programação da Record entre 2002 e 2006. Não é visto com bons olhos pela alta cúpula do canal repercutir diariamente competições que passam em outras emissoras.

Além disso, a Record pretende oferecer um espaço para o jornalista, ex-apresentador do "Globo Esporte", dentro de seu portal de notícias. Ele teria uma espécie de blog com notícias e até opiniões sobre os principais temas do futebol brasileiro.

Procurada pelo NaTelinha, a Record se limitou a dizer que Ivan Moré não foi contratado.

Ivan Moré e sua saída da Globo

O apresentador substituiu Tiago Leifert no “Globo Esporte” em São Paulo a partir de 2015 e ficou na atração durante quatro anos. No final de abril, ele acabou surpreendido e retirado da função. Felipe Andreoli aceitou o desafio de entrar no lugar do ex-colega e se tornou responsável do programa desde o início deste mês.

A Globo e o jornalista chegaram a anunciar que trabalhariam em outros projetos, mas Ivan não gostou de ser retirado do programa, principalmente porque a intenção do canal carioca era de que ele fosse rebaixado à função de repórter e, por causa disso, ele abriu conversas com a Record, além de ter sido sondado pela Band e RedeTV!.

Com a rescisão de contrato assinada nesta semana, é questão de dias para que o apresentador seja anunciado oficialmente como a nova estrela da Record.

Carreira

Ivan Moré tem 42 anos de idade e 28 anos de carreira. Isso porque começou a trabalhar na Rádio Jovem Som FM, em Presidente Venceslau, interior de São Paulo, aos 14 anos.

Com a experiência no veículo de comunicação, decidiu se formar em Jornalismo na Universidade Estadual de Londrina, no Paraná. Neste período, teve a oportunidade de fazer estágio na Rádio UEL FM.

Em 1999, foi contratado pela Globo através da afiliada da rede em Paranavaí, a RPC TV Imagem. Iniciou como repórter e logo foi transferido para afiliada do canal em Jundiaí, seguindo no local durante um ano. Ivan seguiu para Sorocaba e trabalhou no município durante três anos, ganhando prêmios por conta das suas reportagens especiais.

Com o prestígio, recebe a oportunidade de apresentar o bloco local do “Globo Esporte” no interior de São Paulo. Em 2004, foi levado para Globo em São Paulo e estreou como repórter. Seus primeiros trabalhos foram para os telejornais da emissora, participando de coberturas de grandes eventos esportivos, tanto nacionais quanto internacionais.

Os mais marcantes neste período foram os Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro (2007) e os Jogos Paraolímpicos de Pequim (2008). Em 2009, passou a ser o apresentador-substituto de Tiago Leifert no “Globo Esporte SP".

Em 2012, o colega foi chamado para apresentar o "The Voice Brasil" e se ausentou de setembro a dezembro do programa esportivo. Neste período, Moré ficou com a vaga.

Em janeiro de 2013, comandou o “Esporte Espetacular” ao lado de Glenda Kozlowski. Em um primeiro momento, ele ficaria dois domingos no lugar de Tande. Porém, com o bom desempenho, a emissora promoveu mudanças e Ivan foi efetivado no cargo, apresentando o esportivo até 2015.

A Record no esporte

Em tese, este é o segundo movimento da Record no esporte neste século. Desde que a Igreja Universal, proprietária da emissora, passou a investir em busca de crescimento de audiência, no início dos anos 2000, a cúpula da emissora procurou meios de abrir espaço para os esportes.

O primeiro grande movimento do canal se deu em meados da década passada quando o canal investiu milhões para tirar eventos esportivos da Globo. Além dos jogos Pan Americanos, a Record exibiu com exclusividade a Olimpíada de 2012. 

Sem os resultados esperados, no entanto, a partir daí, a ordem foi de pisar no freio e evitar leilão por grandes competições que acabaram migrando de volta para a Globo.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!