No México

Acidente em gravações de série da Netflix mata dois atores

Raymundo Garduño Cruz e Juan Francisco González Aguilar estavam no elenco de The Chosen One


Logo da Netflix em vermelho e fundo preto
Série da Netflix começou suas gravações em abril deste ano; título é baseado em histórias em quadrinho
Por Daniele Amorim

Publicado em 18/06/2022 às 15:04:00,
atualizado em 18/06/2022 às 15:15:31

Os atores Raymundo Garduño Cruz e Juan Francisco González Aguilar morreram em um acidente de carro durante as gravações da série da Netflix, The Chosen One. A fatalidade aconteceu na última quinta (16), mas foi divulgada somente pelos meios de mídia internacionais neste sábado (18).

De acordo com as autoridades, a dupla estava em uma van que capotou em uma área deserta na cidade de Mulegé, no México. Além dos dois mortos, outras seis pessoas também se feriram. Já as gravações da séries ocorriam em um lugar próximo, na cidade de Santa Rosalía.

Em resposta à revista Variety, a Netflix explicou que toda a produção do título acontecia com uma empresa independente. A publicação também afirmou que ainda não é certo se as gravações da série, ou até a própria estreia do título, serão afetada por conta do acidente fatal.

 Acidente em gravações de série da Netflix mata dois atores

Série da Netflix 

Anunciada em 2018 pela plataforma de streaming, The Chosen One só começou a ser gravada neste ano. A história é baseada nos quadrinhos  American Jesus, de Mark Millar and Peter Gross, e conta a história de um menino de doze anos que se descobre como a encarnação de Jesus Cristo. A ideia do título, inclusive, é de ser uma obra de língua espanhola e inglesa. 

"Ele pode transformar água em vinho, fazer os aleijados andarem e, talvez, até ressuscitar os mortos! Como ele vai lidar com o destino de liderar o mundo em um conflito de milhares de anos?", disse o anúncio da empresa, há quatro anos. 

A Netflix adquiriu os direitos de American Jesus quando comprou a empresa Millarworld há quatro anos por aproximadamente 30 milhões de dólares. O selo era utilizada pelo quadrinista Mark Millar para lançar suas próprias obras. 

O primeiro projeto oriundo da aquisição da Netflix é a série O Legado de Júpiter, que foi lançada na plataforma em maio deste ano com sete episódios. 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias