O Auto da Compadecida

Matheus Nachtergaele: "João Grilo me ensinou a ser feliz na tristeza"

Ator falou sobre a volta de O Auto da Compadecida na Globo

Matheus Nachtergaele:
Selton Mello e Matheus Nachtergaele estrelaram O Auto da Compadecida em 2000

Publicado em 05/01/2020 às 14:00:10

Por: Redação NT

Para comemorar os 20 anos de lançamento de O Auto da Compadecida, a Globo decidiu reapresentar a minissérie a partir da próxima terça-feira (07), remasterizada, com reformulação gráfica e nova abertura.

A trama foi foi estrelada por Selton Mello e Matheus Nachtergaele, escrita e dirigida por Guel Arraes, juntamaente com Adriana Falcão e João Falcão a partir da peça teatral homônima de Ariano Suassuna.

Intérprete do sagaz João Grilo, Matheus Nachtergaele falou sobre a decisão da Globo de reexibir O Auto da Compadecida. "O João Grilo me marcou tão definitivamente – e a todos os brasileiros – que iniciar 2020 com essa reexibição proporciona um pensamento profundo. O Auto da Compadecida é fruto de um enamoramento do Brasil pelo Brasil naquele momento. Muitos filmes bonitos surgiram naquela época como Central do Brasil, Amarelo Manga, coisas lindas de que tive a honra de participar. Me sinto inspiradíssimo ao rever a paixão de todo elenco ao ser dirigido pelo Guel Arraes. Éramos todos muito apaixonados pela série, que deu origem ao filme e fez muito sucesso. Isso mudou profundamente a minha vida e a do Selton em relação ao afeto das pessoas com a gente", disse.

VEJA TAMBÉM

E completou sobre o sucesso da série: "Ariano Suassuna se baseou em histórias medievais, narrativas orais para fazer essa comédia, que, desde a sua escritura, é um sucesso. Uma das peças mais montadas do Brasil. Tenho muita alegria de ser representante e participante dessa adaptação para a televisão, que tornou essa obra ainda mais popular num país com tanta miséria e analfabetismo. É um privilégio ver uma obra da dimensão de O Auto da Compadecida, com um autor como Ariano Suassuna, ser levada com tanta qualidade para televisão aberta".

Matheus ainda falou sobre a maior lição deixada por João Grilo: "Este personagem me ensinou a ser feliz na tristeza, a rir nas horas mais perigosas e desgraçadas da vida. Gosto das cenas com Selton Mello porque foi um encontro especial, precisamos um do outro para que elas acontecessem como aconteceram. Mas me comovo também profundamente na hora do julgamento que a Compadecida livra o João Grilo do inferno. O Auto da compadecida é uma obra definitiva sobre a brasilidade, calcada em histórias ancestrais e o João é um arlequim brasileiro".

O Auto da Compadecida será reprisada em quatro episódios ao longo da próxima semana, logo após a novela Amor de Mãe. A minissérie já está disponível completa no Globoplay.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!