"A divisão"

Globoplay lança thriller policial como sua nova produção original

Globoplay lança thriller policial como sua nova produção original
"A divisão", thriller policial original da Globoplay - Foto: Reprodução

Publicado em 30/06/2019 às 10:00:00

Por: Fabrício Falcheti


Lançado em 2015, o Globoplay vem investindo cada vez mais em produções próprias e o próximo lançamento será o thriller policial "A Divisão".

Final da década de 1990, Rio de Janeiro. Notícias da guerra entre facções criminosas na cidade dividem espaço nas páginas policiais com reportagens que relatam o aumento de uma modalidade de crime que assusta a elite carioca: o sequestro. É nesse cenário no qual é ambientada a nova série original Globoplay, que estreia em julho.

Com direção geral de Vicente Amorim e direção de Rodrigo Monte, o thriller policial é uma produção da AfroReggae Audiovisual em parceria com o Multishow e a Hungry Man e narra, em cinco episódios, as atividades de um grupo de policiais da Divisão Antissequestro do Rio numa força-tarefa para combater as quadrilhas especializadas nesse tipo de crime.

Criada por José Júnior, "A Divisão" é escrita por Gustavo Bragança, José Luiz Magalhães, Rafael Spínola, Fernando Toste, Aurélio Aragão e Erik de Castro. E traz no elenco nomes como Silvio Guindane, Marcos Palmeira, Erom Cordeiro, Dalton Vigh, Natalia Lage e Vanessa Gerbelli, dentre outros.

Investimento pesado

Brigando de frente com a Netflix, o Grupo Globo vem investindo cada vez mais no Globoplay, a ponto de assumir prejuízo em suas contas no ano passado.

Além de todos os programas da Globo, a plataforma vem aumentando seu acervo de produções originais. Entre elas, já estão "Assédio", "Ilha de Ferro", "Shippados" e "Aruanas". E também vem apostando fortemente em séries internacionais, prometendo chegar ao número de 100 lançamentos até o fim do ano.

"The Good Doctor", "Killing Eve", "House", "The Handmaid's Tale", "The Big Bang Theory", "The Vampire Diaries", "Supernatural", "Chicago Fire", "Dexter" e "The Office" são apenas algumas das atrações disponíveis no catálogo do Globoplay.

Globo ao vivo

Além de tudo isso, o serviço também oferece gratuitamente o sinal da Globo online, porém, apenas para regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Minas Gerais, Brasília e o estado do Amazonas.

Reportagem especial publicada pelo NaTelinha na última sexta-feira (28) explica os motivos da emissora não liberar o sinal para todo o país.

Segundo o supervisor de operações Fernando Souza, da EPTV Ribeirão Preto, uma das quatro emissoras do grupo EPTV que abrange 66 municípios do interior paulista, o grande entrave é o alto custo.

"Não é de graça. A Globo tem um servidor onde fazem a subida do siet. Eu precisaria enviar esse meu sinal até um servidor para São Paulo, para que se possa fazer isso. Existe um problema de decodificação. Cada região tem a sua programação. Hoje existe um estudo se compensa ou não fazer", disse ele ao NaTelinha.

Já um executivo da TV Tem, afiliada da Globo para a região de São José do Rio Preto, confirmou a tese do colega, mas salientou ainda outra questão: o problema contratual. Ele aceitou falar com a reportagem na condição de sigilo, por temer que isso possa gerar desconforto.

"As afiliadas têm contrato com a Globo e somente elas podem exibir o sinal da emissora na região específica. Não existe contrato com o Globoplay e isto é um fator que emperra a liberação. Teria que ser uma negociação individual, entre afiliada e Globoplay".

 

 


publicidade

TAGS:

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!