Por quê?

Globoplay recebe "Cordel Encantado" na íntegra, mas com baixa qualidade de imagem

Novela foi exibida com sucesso recentemente no "Vale a Pena Ver de Novo"

Globoplay recebe
"Cordel Encantado" no Globoplay não é em HD

Naian Lucas
i

Naian Lucas

Naian Lucas escreve há 10 anos e já fez de tudo um pouco nas redações. Apaixonado por televisão, é roteirista e trabalha na área desde 2014. Atualmente, é repórter do NaTelinha e aficcionado por tudo que envolve dramaturgia. Siga-me no Twitter: @naiaan

Publicado em 19/05/2019 às 11:03:45 com Diogo Cavalcante

O Globoplay retirou a versão de "Cordel Encantado" exibida no "Vale a Pena Ver de Novo" e colocou no lugar o enredo na íntegra, exibido em 2011 na faixa das seis da Globo. Se por um lado o público terá o conteúdo completo para assistir, por outro perdeu a qualidade em HD.

Produções desta década que foram levadas ao horário de reprise da emissora costumam ter os capítulos originais recolocados na plataforma de streaming após a sua conclusão. Foi o caso de "Cheias de Charme" e agora a história de Jesuíno (Cauã Reymond) e Açucena (Bianca Bin).

O lado positivo é a oportunidade dos mais saudosistas, e os que nunca viram a trama, poderem acompanhar esses enredos sem nenhum corte, já que o "Vale a Pena Ver de Novo" é editado pelo departamento de programação, que ajusta o conteúdo tanto ao tempo de grade quanto ao horário vespertino.

Em sua versão original, "Cordel Encantado" foi toda gravada e exibida em HD, mas à época em que foi veiculada, a emissora não disponibilizava o conteúdo em alta qualidade na internet. As primeiras versões em HD no sistema da Globo vieram ao longo de 2012, quando foi lançado o Globo.tv, antecessor do Globoplay.

Em 2015, nasceu a atual plataforma, que apesar de mudar o layout e alguns parâmetros da página, manteve alguns conteúdos como estavam publicados até então. Ou seja: "Cordel Encantado" e outras produções mais antigas estão disponíveis, mas em baixa qualidade.

Com o relançamento do enredo na íntegra no Globoplay, esperou-se que a emissora enviasse a versão em HD. Mas os assinantes foram pegos de surpresa e perceberam que a trama continua com a mesma qualidade baixa de imagem.

O NaTelinha procurou a Globo para se posicionar sobre o assunto. Em nota, a emissora disse que "não há variação na qualidade de imagem do conteúdo que sai para a reexibição na TV. Ele retorna à plataforma com o mesmo padrão de qualidade de quando entrou pro catálogo".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!