Reviravolta

O Cravo e a Rosa: Cornélio expulsa Dinorá de casa: "Diaba"

Safada deixa de ser a "divina" do marido após flagrante de traição


Ney Latorraca e Maria Padilha como Cornélio e Dinorá em cena da novela O Cravo e a Rosa, em reprise na Globo
Em O Cravo e a Rosa, Cornélio termina casamento com Dinorá - Foto: Reprodução/Globo

Em O Cravo e a Rosa, Dinorá (Maria Padilha) vai deixar de ser “divina” e passará a ser “diaba” aos olhos de Cornélio (Ney Latorraca). Após flagrar a traição da esposa com Celso (Murilo Rosa), o marido traído trata de expulsar a safada de casa nos próximos capítulos da novela, em reprise em edição especial nas tardes da Globo.

Nas próximas semanas de O Cravo e a Rosa, Dalva (Bia Nunes) arma uma cilada para Dinorá. Ela atrai a prima para sua casa, onde a loira encontra Celso. Mais tarde, a anfitriã trata de chamar Cornélio para dar um flagrante na traidora. Irado ao vê-la nos braços de outro homem, o ricaço perde o controle, tenta matar a mulher e exige que ela saia de casa.

O amigo de Batista (Luís Melo) passa a noite fora e, no dia seguinte, se surpreende ao dar de cara com Dinorá na sala de casa. A moça finge que nada aconteceu e cobra explicações do marido sobre seu sumiço desde o dia anterior. “Como demorou, Cornélio! Nós aqui em plena crise e você se atreve a ficar horas e horas na rua?”, indaga.

“Que tom é esse hein, sua diaba? Eu demorei porque pensei que você estivesse na rua… Vá embora, vá! Saia daqui! Rua!”, crava Cornélio. “Rua? Você quer me botar na rua?”, reage Dinorá. “Exatamente! Na rua!”, confirma o marido traído. Em seguida, a adúltera leva um susto ao ser traída pela própria mãe, Josefa (Eva Todor).

Em O Cravo e a Rosa, Josefa trai Dinorá e fica do lado de Cornélio

O Cravo e a Rosa: Cornélio expulsa Dinorá de casa: \"Diaba\"

“É isso mesmo, você está coberto de razão, Cornélio! Nenhum marido permitiria, aturaria aquilo que Dinorá fez com você. Portanto, rua! Vá-se embora, Dinorá! Eu cuido do Cornélio”, dispara Josefa, para a surpresa de Dinorá. Eterna cúmplice da filha, a idosa se bandeia para o lado do genro para seguir vivendo na mordomia.

Cornélio desconfia das intenções da sogra, mas ela garante: “Eu sempre tive a maior consideração por você, você que nunca percebeu. Eu fartei de dar conselhos para a Dinorá. Respeite o Cornélio, porque ele é um marido de ouro. Cansei de dizer, mas ela nunca ouviu os meus conselhos”.

Dinorá acusa a mãe de traição. “Sinto muito, eu sou para a justiça, e a justiça está com o Cornélio”, argumenta Josefa, que ainda entrega ao dono da casa que a filha deu terno de linho branco, gravata e chapéu de presentes para Celso com o dinheiro do chefe da família. “Mamãe, você é uma víbora!”, reage a safada.

Mas Cornélio não compra o discurso da idosa: “A senhora quer que eu caia no seu golpe? Que eu acredite que isso é verdade? Eu expulso a diaba e fico com a diabona?”. No meio da confusão, Dinorá se recusa a sair: “Nunca! Essa casa é minha”. Cornélio então decide: “Então saio eu”, diz, fazendo suas malas em seguida e levando consigo as joias da mulher.

Cornélio sai de casa na reta final da novela, mas não demora muito para perdoar Dinorá. Sem conseguir superar a paixão pela “diaba”, ele a aceita de volta, disposto a colocá-la na linha. O ricaço não aceita mais ser submisso aos desmandos da esposa, mas nem desconfia que ela continua de caso com Celso no fim da história.

O NaTelinha divulga todos os dias os resumos dos capítulos, detalhes dos personagens, entrevistas exclusivas com o elenco e spoiler da novela O Cravo e a Rosa. Confira!

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias