Crise? Que crise?

Pantanal gera crise nos bastidores da Globo

Setor financeiro não consegue resolver o problema


Cena de Pantanal com Maria Bruaca e Guta
Pantanal gerou um "problema" para a Globo - Foto: Reprodução/Globoplay
Por Daniel César

Publicado em 19/05/2022 às 18:14:59,
atualizado em 19/05/2022 às 21:09:03

A novela Pantanal vem colhendo louros do sucesso, seja de audiência, de repercussão ou de crítica. Mas com toda a qualidade e praticamente unanimidade, a trama assinada por Bruno Luperi e com direção geral de Rogério Gomes gerou um problema nos bastidores da Globo. O canal não sabe como resolver a fila de anunciantes que querem espaço dentro do horário, mas que já está completamente ocupado.

Segundo apurou a reportagem, a direção financeira da Globo precisou criar uma espécie de fila para tentar atender a alta demanda que Pantanal provocou. O NaTelinha já havia apresentado com exclusividade que o orçamento reservado para a novela a tornava a mais cara da história do canal, mas a expectativa era de que ela se pagaria sem grandes dificuldades, o que acabou se cumprindo.

Até o momento, com menos de 40 capítulos no ar, a produção já acumula R$ 800 milhões de faturamento, números poucas vezes vistos na história da TV, ficando abaixo apenas de Avenida Brasil (2012), que chegou a R$ 1,5 bilhão e de A Dona do Pedaço (2019), no patamar de R$ 1 bilhão. Mas internamente, a Globo trata que é questão de tempo até que Pantanal chegue ao segundo lugar.

A reportagem ouviu de um produtor da Globo que há pelo menos 30 empresas interessadas em anunciar nos intervalos da novela a nível nacional. Regionalmente a procura é ainda melhor, mas a emissora não centraliza essas informações e, portanto, não há dados exatos. Mesmo assim, foi cogitado até abrir novo bloco para a trama, porém isso foi descartado para evitar que, com capítulos muito longos, pudesse afetar a audiência.

Pantanal gera crise na Globo

imagem-texto

O problema maior, no entanto, se dá em outra lista preparada pelo departamento financeiro do canal, o de merchan. Historicamente, somente consegue inserção dentro das novelas das 21h, empresas que já são parceiras históricas da Globo e que anunciam em várias faixas de horário, mas Pantanal gerou uma bolha nunca vista na história da emissora.

Dados que a reportagem teve acesso mostram que há mais de 50 pedidos de merchan diferentes dentro da novela e que a cúpula da Globo considera a ideia inviável e já descartou encher os capítulos com este formato de propaganda dentro da trama. Por isso, parceiros históricos acabarão ficando de for das inserções e a direção já procura formas de compensação para evitar crise nos bastidores.

A expectativa é de que, apenas com publicidade e merchan, Pantanal chegue ao fim tendo arrecado mais de R$ 1 bilhão e, com isso, ela pode alcançar os índices de Avenida Brasil com as vendas para o exterior, que já começaram, mas deve se aquecer a partir do segundo semestre, que é quando o mercado internacional busca por produções. Internamente, fala-se que a novela pode atingir mais de 100 países.

Procurada pelo NaTelinha, a Globo não se manifestou até a publicação da matéria. Caso o faça, o texto será atualizado.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias