Reportar
erro
Ricardo Waddington

Chefão da Globo vira o rei do Vale a Pena Ver de Novo

Executivo dirigiu metade das novelas exibidas na faixa nos últimos anos


Ricardo Waddington posa para foto na fachada da Globo
Ricardo Waddington é o rei do Vale a Pena Ver de Novo - Foto: Divulgação/Globo
Por Daniel César

Publicado em 04/05/2022 às 19:54:10

Ricardo Waddington, diretor de entretenimento da Globo, virou uma espécie de rei do Vale a Pena Ver de Novo nos últimos anos da emissora carioca. O chefão do canal foi responsável por dirigir boa parte das tramas escolhidas para serem exibidas na faixa de reprises no final da tarde. Após um período de hiato, ele já volta ao ar no mês de maio com a escolha de A Favorita (2008) para o horário.

Quando a Globo confirmou que a novela de João Emanuel Carneiro foi a escolhida para substituir O Clone na faixa do Vale a Pena Ver de Novo, Ricardo Waddington praticamente recebeu a coroa de o rei do Vale a Pena Ver de Novo. Embora tenha havido relativa demora para que A Favorita assumisse o horário, por conta das cenas fortes que ela tem, a confirmação consagrou o chefão da empresa.

Para se ter uma ideia, das últimas dez novelas exibidas na faixa do Vale a Pena Ver de Novo, cinco estiveram sob a responsabilidade de Waddington quando ele ainda era diretor de núcleo ou artístico, antes de virar executivo na casa. O número impressiona principalmente porque ele deixou a função em 2018, quando assumiu o cargo de diretor de Produção, uma espécie de prefeito dos Estúdios Globo.

Ricardo Waddington no Vale a Pena Ver de Novo

imagem-texto

As dez últimas tramas reprisadas no Vale a Pena Ver de Novo mostram a força de Waddington. Ele foi responsável por Cordel Encantado (2019), Por Amor (2019), Avenida Brasil (2019), Laços de Família (2020) e, a partir do próximo dia 16, A Favorita.

Para ter noção da diferença, na comparação com outros diretores, a faixa de reprise da Globo também exibiu Celebridade (2017), dirigida por Dênis Carvalho, Belíssima (2018), com Denise Saraceni assinando a direção, Êta Mundo Bom (2020), de Jorge Fernando, Ti Ti Ti (2021), também dirigida por Jorge Fernando e O Clone (2021), pelas mãos de Jayme Monjardim.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias