De Volta

A Favorita substitui O Clone no Vale a Pena Ver de Novo

Globo pretende reunir Claudia Raia e Patrícia Pillar para divulgar reprise


Claudia Raia e Patricia Pillar como Donatela e Flora em A Favorita, próxima reprise do Vale a Pena Ver de Novo, na Globo
Claudia Raia e Patricia Pillar encabeçam elenco de A Favorita, de volta no Vale a Pena Ver de Novo - Foto: Rafael França/Globo

A Globo bateu o martelo e definiu A Favorita (2008) como a substituta de O Clone (2001) no Vale a Pena Ver de Novo. Protagonistas da novela de João Emanuel Carneiro com direção de Ricardo Waddington, as atrizes Claudia Raia e Patrícia Pillar devem ser chamadas em breve para gravar um teaser de divulgação da reprise, aos moldes daquele que fizeram há 14 anos, quando a novela foi ao ar pela primeira vez.

A informação foi antecipada pelo site TV Pop e confirmada pelo NaTelinha. A reportagem apurou que A Favorita deve ser divulgada oficialmente nesta segunda-feira (2) como a nova reprise das tardes da Globo. A escolha foi feita diante do bom resultado que a novela obteve no Globoplay. A história encabeçada por Donatela e Flora foi a primeira resgatada para a plataforma, em 2020, e desde então entrou no radar para o Vale a Pena Ver de Novo. A estreia deve ocorrer ainda em maio.

A duração da trama também foi um ponto que contou a favor. Os capítulos têm menos tempo de arte que outras novelas exibidas no horário nobre. O número de episódios também não é tão grande: foram 197 capítulos, contra 221 de O Clone e de Amor à Vida (2013), que também estava no páreo para ganhar uma reapresentação.

Assim, a expectativa é de que a reprise fique no ar até setembro ou outubro, dando tempo para que a sucessora na faixa se estabeleça em audiência antes da Copa do Mundo, que tem início em 21 de novembro. Alguns dos jogos no Catar serão transmitidos aqui no fim de tarde, impulsionando a audiência da faixa de reprises da Globo.

Relembre a história de A Favorita, de volta após 14 anos

A Favorita substitui O Clone no Vale a Pena Ver de Novo

A Favorita é centrada na rivalidade entre Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia), uma ex-dupla sertaneja cuja parceria terminou em tragédia. A história começa sem mocinha e vilã definidas: a primeira foi presa acusada de matar o marido da segunda, mas jura inocência. As duas disputam a atenção de Lara (Mariana Ximenes), filha de Flora criada por Donatela.

Uma virada na história acontece por volta do capítulo 50, quando descobre-se que Flora é mesmo a assassina do marido de Donatela. A reviravolta fez brilhar Patrícia Pillar, que se destacou no papel de vilã. O elenco também tinha nomes como Murilo Benício, Carmo Dalla Vecchia, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Mauro Mendonça, Taís Araujo, José Mayer, entre outros.

Apostando no suspense, o autor João Emanuel Carneiro fez sua estreia no horário nobre após dois sucessos às 19h, Da Cor do Pecado (2004) e Cobras e Lagartos (2006). Quatro anos depois, ele faria o fenômeno Avenida Brasil (2012). Em entrevistas, ele já afirmou que A Favorita é a preferida entre as novelas de sua autoria.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias