Reportar
erro
Mudanças

Bruna Linzmeyer revela perrengues no Pantanal e que odiou ter que pintar os cabelos

Atriz já gravou sua participação na novela


Bruna Linzmeyer de cabelos longos e loiros para Pantanal
Bruna Linzmeyer mudou o visual para Pantanal - Foto: Divulgação/TV Globo
Por Redação NT

Publicado em 01/04/2022 às 08:42:08,
atualizado em 01/04/2022 às 08:48:21

Atualmente no ar como a Madeleine de Pantanal, Bruna Linzmeyer, tem algo em comum com sua personagem: as duas almejavam a cidade grande. Nos próximos capítulos, ela deixará a vida boa da grande metrópole para viver ao lado de José Leôncio (Renato Góes), ainda que não se sinta no melhor dos lugares. Na vida real, a atriz é natural de Corupá, interior de Santa Catarina, e almejava viver em um local bastante diferente. "Não é tão fácil de conviver", diz ao podcast Novela das 9, do GShow, sobre estar em uma cidade pequena. Ela ainda falou sobre o novo visual e os perrengues que passou no Pantanal.

"Cresci no interior, no meio do mato, com cachoeira... E senti muita vontade de ir para a cidade grande. Não é só a natureza, você tem que lidar com as pessoas daquele lugar, com a lógica daquele lugar... A cidade que eu vim é muito especial, muito legal e eu amo muito, tenho um afeto imenso por lá", afirma.

No entanto, aponta um conservadorismo maior que o de costume, e por esse motivo, não é tão fácil de viver na cidade, fazendo com que ela sentisse vontade de ir para um lugar maior, plural e onde o conservadorismo fosse menor.

Sem planos de ser atriz quando saiu de lá, revela que isso só veio mais tarde. "Eu só queria ir embora. Qualquer coisa, se fosse pra passear com o cachorro, qualquer coisa eu estava topando", surpreende.

Os perrengues de Bruna Linzmeyer no Pantanal

imagem-texto

Gravando no Pantanal para a novela, a atriz revela quais foram os maiores perrengues. "Os deslocamentos eram muitos grandes de uma fazenda para outra, duas horas e meia para ir de manhã e depois para voltar", conta.

"Se não quisesse fazer isso, você podia pegar um avião teco-teco de 6 lugares, em um calor desgraçado, e ficar balançando. Dá um frio na barriga e, pra mim, o avião foi o maior perrengue. Eu tomava um remedinho antes de ir, pois dava uma enjoada."

Bruna Linzmeyer sobre os perrengues no Pantanal

Quando soube que teria que mudar a cor dos cabelos, Bruna não esconde que odiou a ideia em um primeiro momento. "Falei para o Papinho: 'Te odiei por cinco minutos!'. Depois pensei: 'Vai dar trabalho, mas vai ficar bom'", reconhece.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias