Exclusivo

Globo fez operação de guerra para abafar caso de racismo em Nos Tempos do Imperador

Diretor Vinícius Coimbra foi afastado após denúncias de atrizes


As atrizes Dani Ornellas, Roberta Rodrigues e Cinnara Leal em novela
Dani Ornellas, Roberta Rodrigues e Cinnara Leal denunciaram caso de racismo nos bastidores de Nos Tempos do Imperador - Fotos: Reprodução/Globo
Por Fabrício Falcheti

Publicado em 23/02/2022 às 04:00:00,
atualizado em 23/02/2022 às 09:20:27

A polêmica sobre a denúncia de racismo nos bastidores de Nos Tempos do Imperador ainda rende na Globo. O afastamento do diretor da novela, Vinícius Coimbra, apesar de ter demorado, foi a primeira medida que a emissora tomou após as investigações internas, depois de uma operação de guerra para tentar abafar o caso com a produção ainda no ar.

Segundo fontes ouvidas pelo NaTelinha, o departamento de compliance da casa continua apurando o episódio internamente e não descarta a possibilidade de demissão do profissional, bem como de outras pessoas também denunciadas pelas atrizes Cinnara Leal, Dani Ornellas e Roberta Rodrigues.

Desde outubro do ano passado, o trio vinha mostrando a sua insatisfação com algumas medidas tomadas por Vinícius nos bastidores. Exemplos claros de segregação racial como a divisão de camarins e até horários de refeições para ‘os negros’ e para ‘os brancos’. Os atores também eram constantemente chamados de ‘escravo’, ‘mucama’ e ‘neguinho’ antes das gravações das cenas e isso gerava um clima tenso nos bastidores.

O diretor de entretenimento da Globo, Ricardo Waddington, o diretor de dramaturgia José Luiz Villamarim e os autores da trama Alessandro Marson e Thereza Falcão foram informados sobre o mal-estar no trabalho, mas para surpresa do elenco, nenhuma medida foi tomada contra o diretor. Pelo contrário. A ideia foi abafar o caso até a novela acabar, o que aconteceu no dia 4 de fevereiro.

Globo teria agido temendo represálias dos patrocinadores

O que se sabe é que a Globo chegou a fazer uma operação de guerra para que o assunto não viesse à tona com a novela ainda no ar temendo represálias dos patrocinadores. O ibope da trama já não era bom e ainda teve cena sobre o racismo reverso, que trouxe um impacto negativo de cara para a trama das 18h.

O NaTelinha chegou a procurar as três atrizes para que elas se pronunciassem sobre o caso e as respectivas assessorias informaram que elas não iriam comentar o caso.

No último sábado (19), elas soltaram um comunicado em conjunto. “Neste momento nós não vamos nos manifestar sobre o ocorrido. Estamos nos recuperando e precisamos de forças para seguir. Estamos acompanhadas de um corpo jurídico e tudo corre em sigilo. Nós queremos agradecer todo apoio, acolhimento, carinho e amor recebidos de todos vocês como cura neste momento. Nós não vamos sucumbir por antes de nós, por nós e para além de nós! Logo em breve será possível falar com todos.”

Procurada, a Globo não se manifestou até a publicação da reportagem.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias