Encurralado

Nos Tempos do Imperador: Tonico deixa rastro e fica nas mãos de Nélio

Assistente encontra provas que podem colocar o político na cadeia


Tonico com olhar de espanto em cena de Nos Tempos do Imperador
Tonico pode ir pra cadeia em Nos Tempos do Imperador - Reprodução/TV Globo

Nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador, Nélio (João Pedro Zappa) conseguirá provas que podem colocar Tonico (Alexandre Nero) na cadeia. O assistente aproveita que o patrão está na guerra para vasculhar a sede do jornal O Berro e o gabinete do deputado. Ele e Dolores (Daphne Bozaski) não terão sorte na redação do periódico, mas o rapaz acaba conseguindo documentos comprometedores na sala do político e garante à amada que o vilão não tem escapatória.

De romance com a irmã de Pilar (Gabriela Medvedovski), tudo o que o filho de Lota (Paula Cohen) mais deseja é tirar a mocinha das garras do marido carrasco. A única esperança para o casal é provar alguns dos crimes cometidos pelo inimigo de dom Pedro (Selton Mello).

O rapaz irá aproveitar que o patrão foi lutar na guerra do Paraguai para procurar por essas provas. Ele e Dolores vão vasculhar todos os lugares aos quais Tonico tem acesso. A mocinha tenta encontrar algo em casa, mas não terá sucesso.

Com Zayla (Heslaine Vieira) infiltrada na mansão do político, o casal de amantes só terá um pouco mais de privacidade na sede do jornal O Berro. Juntos, eles dão uma varredura no local e também não encontram nada por lá. Nélio terá mais sorte no gabinete e com as provas na mão, promete colocar o vilão atrás das grades. Saiba mais!

Em Nos Tempos do Imperador, Nélio promete colocar Tonico na cadeia

Nos Tempos do Imperador: Tonico deixa rastro e fica nas mãos de Nélio

Nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador, Nélio aproveita que Tonico está atrás lutando na guerra do Paraguai para vasculhar os documentos do político a fim de encontrar provas que possam colocá-lo na cadeia.

O assistente começará sua procura pela sede do jornal O Berro, mas não conseguirá nada de comprometedor. Enquanto isso, Dolores tenta em casa e também não achará nada.

“Tem que ter alguma coisa, ele tem que ter deixado algum rastro!”, dirá, Nélio. “Pode ser que Tonico nem volte...", dispara a mocinha batendo em sua boca logo em seguida. "Não desejo a morte de ninguém, mas que isso pode acontecer, pode”, fala.

O casal aproveita o momento a sós, já que agora precisam ter cuidado com Zayla que está hospedada na casa do amante, para namorarem um pouco. Na manhã seguinte, ele promete vasculhar o gabinete.

Na câmara, o rapaz finalmente encontra o que tanto procura. “Um recibo! O recibo! De um pagamento que Tonico fez ao funcionário da embaixada do Paraguai!”, vibra sozinho.

Ele marca encontro com Dolores no jornal e quando a mocinha chega, entrega o papel e pede que ela leia o que está escrito. “Recebi do senhor Antônio Carlos Rocha a quantia de oito contos de réis?”, fala ela em voz alta. "Vixe, isso é muito dinheiro!”, reagirá a irmã de Pilar.

Nélio conta que Tonico deu ordem para que toda a mercadoria que chegasse do trapiche dele fosse estocada. “Para vender bem mais caro durante a guerra que ele sabia que ia acontecer! Com a carta e esse recibo provando a transação, pegamos o Tonico!”, comemora.

“Parece que estou sonhando! Você é o homem mais sabido, mais valente, mais nem sei quê, desse mundo!”, reagirá, Dolores, antes de abraçar o amado. “O mais apaixonado e o mais novo morador de rua", brincará o assistente. "Minha mãe de expulsou de casa”, fala.

A mulher de Tonico pergunta o que houve, mas ele diz que em outra ocasião explica melhor. “Vou te contar, mas antes quero aproveitar esse tempinho com você. Te amo mais que tudo nessa vida, Dolores!”.

A sequência vai ao ar em breve na novela das seis.

Mais Notícias