Reportar erro
Exclusivo

Globo estuda lançar novelas curtas, baratas e enxutas para formar novos autores

Produções serão exibidas no horário da tarde

Maria da Paz, de A Dona do Pedaço, da Globo
Globo quer fazer novelas curtas e baratas - Foto: Reprodução/Globoplay
Daniel César

Publicado em 01/10/2021 às 05:05:44,
atualizado em 01/10/2021 às 09:19:50

A Globo recebeu um projeto e estuda estrear novelas curtas, baratas e com elenco enxuto com o objetivo de lançar novos autores no mercado da teledramaturgia. O documento foi entregue por um dos roteiristas contratados da casa e que já é consagrado, mas que teve sua identidade mantida em sigilo. A intenção é levar ao ar produções de poucos capítulos e sempre no período da tarde.

Segundo apurou o NaTelinha, esse autor teria ficado sabendo do cancelamento de Malhação, que o NaTelinha antecipou e que acabou confirmado na última quarta-feira (29) e decidiu montar um projeto para apresentar para a emissora. A ideia nem é substituir a novelinha teen, mas criar outro estilo de trama, com narrativas curtas e que não custem o mesmo que a recém-cancelada.

Uma fonte confirmou à reportagem que o projeto mostra novelas de aproximadamente 50 capítulos e que são, na verdade, 'soap operas', o estilo de dramaturgia da TV americana no período da tarde. Histórias simples e com pouco elenco, entre 10 e 15 pessoas e com cenário limitado, o que diminuiria consideravelmente o custo para a Globo neste momento.

Como o autor julgou que o projeto por si só poderia ser considerado muito simples - algo como uma versão mais amplificada do Você Decide - o que atraiu a atenção da direção da Globo foi a ideia seguinte, também apresentada pelo próprio roteirista. Com este trabalho, ele poderia comandar uma espécie de oficina de roteiristas para formar novos nomes para a dramaturgia da Globo.

Projeto atende desejo da Globo

Nos bastidores, fala-se que o projeto foi muito bem visto justamente por este ponto porque é o que a nova cúpula da emissora está buscando ansiosamente: novos nomes para o mercado de novelas. Na visão de Ricardo Waddington e José Luiz Villamarim, a renovação que Silvio de Abreu fez não foi necessária porque não apresentou nenhum autor, de fato, como Boni e Daniel Filho haviam feito nos anos 70.

Porém, a nova dupla que comanda o setor da emissora também concorda que é preciso renovar porque a primeira geração de novelistas do canal está chegando ao final e é preciso novo fôlego. Acontece que não foi achada uma solução para formar novos roteiristas e, inclusive, Waddington vinha comentando com pessoas próximas da necessidade de se encomendar um estudo para verificar um caminho para encontrar essa mão de obra.

Com o projeto deste roteirista, que tem trânsito livre com a nova direção da Globo e, inclusive, teve uma nova temporada de seu produto anunciada recentemente, o caminho ficaria facilitado. Na visão de Villamarim, dar aos novos roteiristas a oportunidade de estudar e, ao mesmo tempo produzir na TV aberta, mas sem comprometer as finanças da emissora seria o caminho ideal. Porque, no caso de uma dessas novelas não darem certo, o custo é mínimo e, por ser curta, ela logo é tirada do ar.

O que pesa contra na Globo

Por outro lado, há uma vertente contra dar um passo adiante nessa proposta e a explicação é vista como importante pela cúpula. Um projeto simplório desse foge completamente do estilo que o canal exerceu durante décadas e poderia prejudicar o padrão Globo de qualidade. Embora há um grupo que defenda não se tratar de dramaturgia, mas algo como eram as séries infantis e adolescentes exibidas em programas do canal na década retrasada.

Todos esses elementos estão em cima da mesa e a decisão será tomada, segundo a fonte confirmou, até o início de 2022. O certo mesmo é que, se aprovada, deverá compor a grade vespertina, não necessariamente no final da tarde, como acontecia com Malhação.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias