Revolução de 1932

Éramos Seis: À frente do seu tempo, Adelaide vai pra guerra

Mesmo não sendo enfermeira, Adelaide topa ir pro tudo ou nada em Éramos Seis


Adelaide lendo cartas em Éramos Seis
Adelaide vai pra Revolução Constitucionalista de 1932 - Divulgação/TV Globo

Provando que é uma mulher à frente do seu tempo, Adelaide não hesitará em ir pra guerra nos próximos capítulos de Éramos Seis.

A filha de Emília (Susana Vieira) irá para a Revolução Constitucionalista de 1932 cobrindo a guerra para um jornal. Na época, as mulheres que iam a luta em sua maioria, eram enfermeira.

Ainda que Adelaide não seja uma, ela não quer ficar de fora dessa luta e irá à Revolução pelos seus ideais.

Revolução de 1932 em Éramos Seis

Afonso (Cassio Gabus Mendes), por exemplo, não terá muito sorte nessa luta. Tudo porque o comerciante será infectado por uma doença altamente contagiosa, colocando sua vida em risco.

A má notícia será constatada em um hospital. Afonso é quem quis lutar ao lado de Alfredo (Nicolas Prattes).

Os próximos capítulos de Éramos Seis

No capítulo desta quarta-feira, Carlos aceita viajar com Inês no capítulo desta quarta-feira (5). Genu Genu se preocupa com a integridade de sua família, por conta das manifestações políticas. Clotilde não consegue contar a Lola sobre sua gravidez. Isabel se encontra com Felício. Marcelo convence Carlos a conversar pessoalmente com Felício. Lúcio, Virgulino, Tião e Nero se dirigem à manifestação. Lola se preocupa com Alfredo. Isabel garante a Lola que não desistirá de seu romance com Felício. Inês se prepara para sua viagem com Carlos. Lola tem um mau pressentimento. Carlos é atingido por um disparo da polícia contra os manifestantes.

Mais Notícias