Morte encomendada

Emília bate na filha e encomenda morte de Alfredo em Éramos Seis

Milionária ordena que sobrinho não volte vivo da guerra


Nicolas Prattes
Alfredo tem destino traçado por Emília em Éramos Seis - Reprodução/TV Globo

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Emília (Susana Vieira) reage mal ao flagrar Adelaide (Joana de Verona) e Alfredo (Nicolas Prattes) juntos depois de ter feito de tudo para separar o casal.

A milionária não tolera ter sido enganada pela filha todo esse tempo e as duas discutem feio. Petulante, a feminista garante que continuará a se encontrar com o primo enquanto desejar e provoca a ira da mãe.

A tia de Lola (Gloria Pires) perde a cabeça, parte para cima da irmã de Justina (Júlia Stockler) e acaba a agredindo. Não satisfeita, Emília tem uma ideia para separar de uma vez a moça do subversivo. Saiba qual!

Adelaide apanha ao ser flagrada com Alfredo 

Emília bate na filha e encomenda morte de Alfredo em Éramos Seis

Emília tentou de tudo para manter o bom relacionamento com Adelaide, mas a trégua entre mãe e filha irá acabar já nos próximos capítulos de Éramos Seis depois que a milionária descobrir que foi enganada pela moça.

Tudo acontece na noite em que a tia de Lola vai se encontrar com demais damas da sociedade para discutir sobre os caminhos da revolução. Adelaide desconfia dos interesses de sua mãe pela causa, mas prefere aproveitar a circunstância para rever Alfredo.

Então, a moça convida o primo para ir até a mansão e ele concorda em se encontrar com a jovem. A essa altura, Carlos (Danilo Mesquita) já terá sido morto e seu irmão vai estar ainda mais revoltado que de costume.

O casal conversa sobre política, as truculências do governo de Getúlio Vargas e a guerra que está prestes a estourar. Com tantas afinidades, eles acabam não resistindo a forte atração que sentem um pelo outro e se beijam, apaixonadamente.

Emília chega de repente e dá de cara com a cena romântica. “Não tem juízo, Adelaide? Ele é seu primo, desde pequeno um caso perdido, onde isso pode levar… E dentro da minha própria casa… É uma grande falta de respeito”, grita a milionária.

Irritada, ela expulsa o sobrinho da sua casa e depois parte em direção à filha. As duas começam a discutir e Emília ordena que Adelaide pare de se encontrar com Alfredo e ela reage.

“Por quê? Do que tem medo? Da pobreza da família ou do sangue ruim duplicado por dois, o sangue que gerou Justina? Seja que motivo for, suas razões não me interessam, são mesquinhas e torpes. Vou ficar com Alfredo até quando eu quiser”, rebate a feminista.

A reação da milionária é dar um tapa no rosto da caçula que a enfrenta novamente alegando que a mãe não tem o direito de lhe bater e acaba sendo convidada por Emília a se retirar da sua casa.

Porém, Adelaide acaba desafiando a grande dama da sociedade sem imaginar do que ela é capaz de fazer. “É minha também, mamãe, tenho a herança de meu pai. Vamos ter que conviver… Do jeito que der”, alfineta a feminista.

A cena vai ao ar no capítulo do dia 12 de fevereiro.

Emília planeja a morte do sobrinho

Emília bate na filha e encomenda morte de Alfredo em Éramos Seis

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, Emília perde a cabeça ao flagrar Adelaide aos beijos com Alfredo e ordena que a filha nunca mais veja o primo, mas será afrontada pela feminista.

Com sangue nos olhos depois de uma dura discussão e que acabou em agressão física, a ricaça decide dar um jeito definitivo de separar os dois e irá contar com a ajuda de Gusmão (Stepan Nercessian).

O ódio de Emília tomou grande proporção porque ela acreditou que havia conseguido separar o casal. Na verdade, eles andaram se estranhando, mas fizeram as pazes após a morte de Carlos e ela descobriu da pior forma possível.

"Não tem juízo, Adelaide? Ele é seu primo, desde pequeno um caso perdido, onde isso pode levar? E dentro da minha própria casa. É uma grande falta de respeito. Pois não vai mais vê-lo! Isto é uma questão de família. Eu não admito”, esbraveja durante discussão que termina com uma bofetada no rosto da moça.

No dia seguinte, a tia de Lola recebe o delegado em sua casa e lhe pede ajuda. A autoridade pensa se tratar de Justina, mas fica sabendo que agora a ricaça quer dar um jeito na vida da feminista.

"Mas eu tenho duas filhas, e quando não é uma, é a outra a me dar preocupação. Adelaide está envolvida novamente com meu sobrinho, o Alfredo. Parece uma cisma, não sei. Mas eu não quero que esse romance prossiga", argumenta Emília.

O investigador tenta acalmar a dama da sociedade alertando para o fato de que logo Alfredo se juntará ao exercito para lutar na guerra e a dondoca dá o recado. "Bom seria se fosse logo para o front", prevê a mãe de Justina.

"Posso dar um jeito nisso, ver o batalhão em que Alfredo e os amigos estão. Vou fazer com que sejam os primeiros, na linha de frente", promete Gusmão já prevendo que o rapaz não voltará com vida para casa.

A cena vai ao ar no dia 13 de fevereiro.

Mais Notícias