"Programa do Porchat" recebe William Waack na estreia de sua terceira temporada

Talk-show de Fábio Porchat volta nesta segunda-feira (5)

Reprodução

Publicado em 05/03/2018 às 15:26:18

Por: Fabrício Falcheti

O "Programa do Porchat" começará seu terceiro ano na Record TV com um convidado de peso nesta segunda-feira (5).

Fábio Porchat gravará logo mais, para exibição no mesmo dia, uma entrevista com o jornalista William Waack, demitido da Globo no fim do ano passado após suposta declaração racista.

Livre desde então, Waack tem evitado falar diretamente sobre o caso, mas já acertou seu retorno ao trabalho, pela internet. Ele apresentará o programa "Painel WW", projeto multiplataforma com exibição pelo Facebook, YouTube, blog e na AllTV, conforme antecipado pelo NaTelinha. Sua estreia está programada para o final de março.

Segundo o colunista Sandro Nascimento, essa foi a saída encontrada por Waack para se manter no ar, já que, de acordo com fontes ouvidas, ele não pode trabalhar em nenhum canal comercial de TV aberta pelo período de três anos, devido a cláusulas presentes em acordo de rescisão com a Globo.

O "Programa do Porchat" vai ao ar a partir de 00h15, na Record TV. Em entrevista ao NaTelinha durante coletiva de imprensa, na semana passada, Fábio Porchat contou que a repetição o ajudou a melhorar e que nota evolução no comando do talk-show.

"Desde minha primeira entrevista com a Sasha, estou vendo como a coisa funciona. A repetição me ajuda a entender e melhorar. Eu vejo uma evolução e isso me deixa feliz. Programa diário é enxugar gelo. Não dá para pensar muito na frente, daqui cinco meses. É muito agora, todo dia entrevista. Na TV aberta a pressão é maior, a gente atinge um número grande de pessoas e elas nos observam bastante. Precisamos ter fôlego e firmeza para segurar essa pressão", bradou.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade