"A homofobia e a transfobia continuam do mesmo jeito", desabafa drag queen Salete Campari

Foto: Andrea Dallevo/RedeTV!

Publicado em 02/03/2018 às 20:35:50

Por: Redação NT

No "Ritmo Brasil" deste sábado (3), na RedeTV!, Faa Morena apresenta uma edição especial em referência ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no próximo dia 8.

Com a participação de Maria Alcina, Salete Campari, Adrhyana Rhibeiro e Silvetty Montilla, a atração é marcada por um debate a respeito de temas que envolvem a data.

Durante papo sobre empoderamento feminino, a drag queen Salete Campari fala do preconceito e demonstra não enxergar grandes avanços em relação à falta de empatia do povo brasileiro com a questão. "Eu acho que a homofobia e a transfobia continuam do mesmo jeito. A cada dia uma travesti é assassinada por motivos de ódio e o Brasil é o país que mais mata LGBTs em todos os sentidos. Então a gente precisa, de verdade, começar a abrir as portas para a comunidade poder se empoderar", desabafou.

Ainda no palco, Salete canta a música "Como nossos pais", vestida de Elis Regina, emocionando os convidados.

"Ritmo Brasil" vai ao ar a partir das 19h30, na RedeTV!.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade