Reportar erro
Casa dos Sonhos

Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e Titi terão reality show no GNT

Serão 13 episódios

giogagliassotiti_6993849618f08c12de50780ef48af3a52c1dd554.jpeg
Reprodução/Instagram
Thiago Forato

Publicado em 05/12/2017 às 11:51:22

Bruno Gagliasso, Giovanna Ewbank e a filha do casal, Titi, de 4 anos, terão um reality show no canal GNT, da Globosat.

A informação é do jornal O Globo, que destaca que o reality contará com 13 episódios. O programa acompanhará a construção da casa da família, que seguirá padrões de sustentabilidade.

A série se chamará "Casa dos Sonhos" e a estreia ocorrerá em 2018.

Gagliasso está longe das novelas desde março, quando foi protagonista de "Sol Nascente". Já Giovanna mantém um canal no YouTube.

Os dois adotaram Titi no Malawi após muitas idas à África. A menina veio para o Brasil em julho de 2016.

Racismo

No último dia 25 de novembro, a socialite Day McCarthy fez um vídeo chamando Titi de "macaca". A socialite reclamou de pessoas que a xingam por sua aparência e elogiam Titi.

"Ficam lá no Instagram no de Bruno Gagliasso elogiando aquela macaca, a menina é preta, cabelo horrível, e o povo fala que a menina é linda. Essas mesmas pessoas vem no meu Instagram e vem me criticar por minha aparência. Filha não é. Como duas pessoas brancas, de olhos claros, vão ter uma filha preta", disse no vídeo.

Após ofender a pequena e virar caso de Justiça, Day McCarthy pediu desculpas pela suas recentes atitudes no Instagram.

A declaração, porém, não veio em um post, mas no espaço destinado à biografia do perfil na rede social, que havia sido apagado mas foi recuperado. Agora, a conta é privada e apenas quem seguir pode ver as publicações.

"Peço desculpas a todos que ofendi. Espero que entendam, eu estava sob uso de remédios muito fortes. A partir de hoje vou ajudar instituições e pobres", escreveu ela.

Além de praticar injúria racial contra Titi, Day McCarthy também atacou a cantora Anitta e o jornalista Leo Dias nos últimos dias.

Identificada pela Polícia do Rio de Janeiro como Dayane Alcântara Couto de Andrade, de 28 anos, ela agora será convocada a prestar depoimento após denúncia de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank. Como mora fora do Brasil, isso acontecerá por meio de carta rogatória, um instrumento de colaboração jurídica entre dois países.

Mais Notícias