Reportar erro
Olho no lance

Silvio Luiz sobre impacto da carreira na vida pessoal: "Não vi meus filhos crescerem"

Aos 82 anos, narrador relembrou sua história no "Mariana Godoy Entrevista"

marianagodoyentrevista-silvioluiz-16062017_65b5d0326fc1e8a1d1f6109fc4a8fda68bacf9a9.jpeg
Divulgação/RedeTV!
Redação NT

Publicado em 17/06/2017 às 14:59:24

O narrador Silvio Luiz falou sobre os 65 anos de sua carreira no programa "Mariana Godoy Entrevista" desta sexta-feira (16), na RedeTV!.

Participando de várias Copas do Mundo, Olimpíadas e tendo trabalhado com grandes nomes do mundo esportivo, Silvio comentou alguns feitos memoráveis em sua trajetória e lamentou a distância da família no período.

“A carreira não atrapalhou a família, mas me afastou dos meus filhos. Não tinha aniversário de casamento, por exemplo, e por causa da minha profissão, não vi meus filhos crescerem, embora eu tenha sido sempre um pai presente. Ficava mais de 40 dias fora de casa e nesse período eles foram crescendo”, disse ele, que atualmente narra os jogos da série B do Campeonato Brasileiro na emissora.

Considerado o primeiro repórter de campo do país, ele mostrou sua carteira de trabalho e revelou para a apresentadora o possível motivo de seu sucesso: “Sempre fui uma pessoa muito 'fuçadora' e curiosa”.

Silvio Luiz sobre impacto da carreira na vida pessoal: \"Não vi meus filhos crescerem\"

Apelidado de “iogurte”, ele explicou a origem do nome carinhoso: “Eu era meio invocado antigamente, então começaram a me chamar assim por ser 'baixinho, branco e azedo'”.

Depois de ter emprestado sua voz para jogos de videogame e GPS, além das partidas de futebol, Silvio comemorou um feito inédito em sua carreira, realizado recentemente. “Recebi um convite da Disney para dublar um personagem do filme 'Carros 3'. Era a única coisa que me faltava, depois de tudo que já fiz. Só que, para ser sincero, dublagem é muito difícil. É uma arte”, pontuou.

Em outro momento, Silvio Luiz também explicou seu estilo, dizendo que não narra os jogos de futebol, e sim “os legenda”. “Não vou brigar com a imagem. Para quê dizer que o jogador chutou com pé direito se o cara está vendo na televisão? Minha obrigação é legendar aquilo que estão fazendo, então não há a necessidade”, finalizou.

"Mariana Godoy Entrevista" vai ao ar todas as sextas-feiras, a partir das 23h05, na RedeTV!.

Mais Notícias