Em breve

Após sucesso, filme sobre caso Richthofen terá terceira parte

Caso da família Richthofen chocou o país há 20 anos


wre
Produções estrearam em 2021 e ganha nova parte em parte em breve
Por Thiago Forato

Publicado em 18/05/2022 às 08:36:34,
atualizado em 18/05/2022 às 09:05:47

Depois do lançamento dos dois filmes do caso Richthofen em 2021, A Menina que Matou os Pais e O Menino que Matou Meus Pais, um terceiro longa-metragem já está sendo planejado, noticiou o jornal O Globo desta quarta-feira (18). A ideia é mostrar o que aconteceu no período de quatro anos entre o crime e o julgamento.

Os filmes dirigidos por Maurício Eça acompanham a relação de Suzane von Richthofen (Carla Diaz) e Daniel Cravinhos (Leonardo Bittencourt), que narram como foi planejado a morte dos pais dela, com a ajuda do irmão do rapaz, Cristian (Allan Souza Lima). O roteiro foi elaborado por Ilana Casoy e Raphael Montes com base nos depoimentos dos réus durante o julgamento, em 2006.

Os filmes foram lançados no ano passado e estão disponíveis no Prime Video, serviço por streaming da Amazon. As produções foram gravadas simultâneamente e antes da pandemia de Covid-19, decretada em março de 2020.

Crime da família Richthofen chocou o país

Após sucesso, filme sobre caso Richthofen terá terceira parte

Em outubro de 2002, o casal foi morto a pauladas enquanto dormia pelos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos, namorado e cunhado da jovem na época. Condenada a 39 anos de detenção como mentora da ação, a moça cumpre pena no presídio de Tremembé, em São Paulo.

Carla Diaz deu vida à Suzane von Richthofen. A atriz que estreou na TV como a órfã Maria em Chiquititas (1997), no SBT, foi escolhida para dar vida à responsável por planejar o assassinato dos pais Manfred e Marísia von Richthofen.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias