Exclusivo

Viviane Araújo estreia no cinema: "Quero atuar até morrer"

Atriz vai protagonizar o filme Recomeçar

Viviane Araújo estreia no cinema:
Viviane Araújo ao lado de Marcelo Gonçalves na gravação do filme - Foto: Divulgação

Naian Lucas com Sandro Nascimento

Publicado em 21/10/2020 às 05:41:00

Viviane Araújo já atuou na TV e no teatro, mas agora fará seu primeiro trabalho no cinema ao protagonizar o filme Recomeçar, do diretor Alessandro Barcellos. Ao NaTelinha, a artista diz que é uma realização de um sonho e revela que tem novos projetos, pois seu objetivo é seguir interpretando até o fim da sua vida.  Entusiasmada com sua estreia na telona, Viviane relata que a mensagem do longa é que mesmo atravessando uma situação difícil todos têm a oportunidade de buscar um recomeço.

continua depois da publicidade

“Quero trabalhar tanto, quero fazer tantas coisas na minha profissão. Cinema é algo que sempre quis fazer e agora estou fazendo. E que venham outros filmes. Quero fazer séries, que eu vou fazer para 2021. Quero voltar para as novelas também. Quero fazer uma série de personagens que cada vez mais se distanciam do que é Viviane. Isso é muito legal. Então eu quero trabalhar até eu tiver bem de saúde, quero continuar atuando até morrer, se Deus quiser”, afirma. “Estou realizando um sonho dentro da minha profissão que era fazer cinema e to mergulhando de cabeça nesse trabalho”, acrescenta.

continua depois da publicidade

O filme conta a história de um casal que mora junto há 25 anos. Sérgio Alves (Mário Gomes), de 67 anos, é casado com Maria Aparecida Alves, de 45. A produção fala de paixões reprimidas, sentimentos de mágoa, raiva e o desejo de recomeçar. Tudo mudará na vida de todos quando José Capixaba (Marcelo Gonçalves) comprar um sítio e começar a se estabelecer no local.

“O que me chamou atenção é que a história é linda, os personagens são incríveis. Maria Aparecida é uma personagem que eu acho que vai ser um grande desafio pra mim. A história fala de recomeço, de vida, de você não desistir por mais que, às vezes, possa parecer que sua vida esteja acabada, acho que sempre você pode mudar. Você sempre pode recomeçar de outra forma. É essa mensagem que a gente quer passar no filme”, explica Viviane.

continua depois da publicidade

“Eu falo sobre o amor em todas as suas formas de se manifestar. Ao contrário do que possa parecer, o filme não fala de uma traição. Tudo tem uma consequência na vida e o amor traz consequências. Observando bem o plot, a raíz do filme podemos enfim compreender que o recomeço é um direito e uma necessidade para todos. Maria traiu Sérgio porque não recebia dele os devidos cuidados que precisava. Sérgio era o homem perfeito para Rosa e não percebia", completa o diretor Alessandro Barcellos.

E continua: "Zé Capixaba era um sonhador que chegou na cidade com boas intenções, mas se apaixonou por Maria e passou a sofrer hostilidades.  Cada personagem tem uma narrativa composta por dores e decepções e  isso se revela naturalmente ao espectador. Ao final, cada um se depara com uma oportunidade de recomeçar e ser feliz. A mensagem passa então a fazer sentido. Ela tem como potência, as variações do amor e das formas que ele entra no coração de cada um. Precisamos apenas aprender essa linguagem”.

continua depois da publicidade

O convite para Araújo protagonizar o filme partiu do diretor Alessandro e a atriz ficou muito feliz, tanto que aceitou o desafio.  À reportagem, ela conta que tem muitas diferenças em relação a Maria Aparecida, contudo, sua bondade e a tentativa de fazer o bem aos outros é algo que as aproximam.

“Maria Aparecida é uma mulher que se casou muito novinha, jovem demais, que passou a vida toda cuidando da casa, do marido, filho, deixando seus sonhos de lado. Eu acho que isso é uma coisa que tá bem longe da Viviane [Araújo], do que eu sou. Não que eu não queira ter uma família, cuidar do marido e da casa. Não é isso. Mas muito cedo, muito nova, abdicar dos seus sonhos pra viver isso eu acho que está um pouco distante. Agora o que aproxima, eu acho, é a bondade. Maria é do bem, Maria é uma pessoa simples, humilde e acho que isso tem dentro de mim”, comenta Barcellos.

continua depois da publicidade

“Viviane Araújo é grande atriz e já provou isso em trabalhos que realizou. É fácil dirigir tendo ela em cena. A personagem Maria Aparecida ganhou vida na pele da Viviane Araújo e tanto eu quanto o roteirista Edi Wilson Marques ficamos muito impressionados com a sua interpretação. A Viviane Araújo já é uma estrela e tem nome consolidado. A tendência é ela crescer ainda mais e dar destaque a quem tiver o privilégio de atuar com ela”, elogia o diretor.

Viviane Araújo grava filme na Baixada Fluminense

O longa é produzido pela Lat’s em parceria com a Fontana Produções, tendo Marcella Boa Ventura como produtora que conta com coprodução de Vanessa Fontana, direção de Alessandro Barcellos, que também fez o roteiro ao lado de Wilson Marques. A equipe escolheu um sítio em Austim, na Baixada Fluminense, na cidade de Nova Iguaçu, para gravar a história.

continua depois da publicidade

“Como em outras produções, a minha preocupação sempre é a qualidade do produto final. Nesse projeto eu conto com uma equipe afiada e comprometida, além da produtora Marcela Boa aventura e da S R Assessoria e Comunicação. Temos ainda a Co-produção da Vanessa Fontana e um elenco que entrega exatamente o que eu preciso para contar uma boa história. A Lat's Filmes cresce a cada projeto executado e isso é bom para todos. O sucesso não chega sem empenho e união de todos. Hoje podemos contar com apoiadores importantes como a Inexh, a converse comigo.com e a Bivolt tomadas. Mas ainda existe vontade de crescer e a Lat's Filmes, a cada trabalho realizado, busca sempre novas parcerias”, diz Alessandro.

continua depois da publicidade

Além de Viviane Araújo, o elenco conta também com Marcos Wainberg, Lui Mendes, Marcelo Dazzo, Rossana Ghessa, Linda Gomes, Lúcio Acuri, Ronaldo Carvalho, Bruce Brandão, Desirée Holtz, Ângela Chiarelli, Graça Maranhão, Dora Freitas, Patrícia Fernandes, Jota Varela, Tony Alves, Augusto Delfino. A produção ainda escalou as crianças Clara Cordeiro e João Gomes para o longa.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!