Reportar erro
Exclusivo

Fora da Globo, autores apostam em Netflix e Amazon para emplacar projetos

Streaming começou a ganhar espaço na vida de autores

Montagem de foto com logos da Amazon e da Netflix
Novas opções, Amazon e Netflix se abrem para o mercado de autores - Foto: Montagem
Daniel César

Publicado em 03/06/2021 às 04:30:00

Muita gente saiu da Globo nos últimos anos e entre os roteiristas não chega a ser diferente, já que são mais de uma dezena de autores que deixaram a emissora após décadas de trabalho na principal emissora de dramaturgia do país. Mas com o novo modelo de gestão do canal, esses profissionais começaram a buscar novos horizontes e tentam se inserir no mercado de streaming, principalmente na Netflix e na Amazon.

Mesmo que a pandemia tenha atrapalhado os planos da Netflix, que praticamente não conseguiu colocar uma data para o lançamento de produções nacionais, nos bastidores há muita movimentação em torno de projetos que vem sendo analisados. Segundo apurou o NaTelinha,  muitos nomes estão buscando apresentar suas ideias para o streaming, a maioria absoluta de séries, já que fora da Globo há pouco vislumbre de novelas.

Fontes confirmaram que, apenas na Netflix, são mais de cinco autores que fizeram carreira na Globo e que estão com negociação em aberto ou esperando resposta para projetos enviados. Entre as séries aparecem de humor, dramática e até minissérie para uma única temporada, mas que até o momento não foram aprovadas pelo chefão de conteúdo original da plataforma para a América Latina.

Mesmo que a empresa pretenda criar alguns projetos de novelas já nos próximos anos, ainda não há busca ativa de novelistas para esse tipo de produção, uma vez que ainda há busca de parcerias para viabilizar a realização, inclusive com a própria Globo. Com a pandemia, no entanto, é improvável dizer que o serviço de streaming americano conseguirá colocar novas séries de pé, mas a ideia é para aprovar novidades para o que vem sendo chamado de período pós-pandemia.

Netflix e Amazon

Quem também vem ganhando cada vez mais espaço nos bastidores do mercado de dramaturgia é a Prime Vídeo, marca da Amazon para produção de streaming. Enquanto lança nesta semana seu primeiro conteúdo original no Brasil, Dom, a plataforma segue buscando parcerias com produtoras, mas também negociando diretamente com roteiristas para lançar novas séries.

Enquanto a Netflix busca se consolidar como o principal serviço de streaming no país, a Amazon faz o inverso e tenta acumular novidades para crescer e se manter concorrendo com o Globoplay no total de assinantes. Para isso, a empresa busca aumentar consideravelmente seu conteúdo original no Brasil e, segundo apurou o NaTelinha, deverá lançar diversos produtos a partir de 2022.

Outras plataformas

Embora Netflix e Amazon tenham virado um oásis para autores que não estão mais contratados pela Globo, elas não são as duas únicas opções para quem estiver fora do mercado. Outros serviços estão também investindo no país e, com isso, roteiristas passaram a bater nessas portas, como a Disney+, que já tem parceria fechada com os Estúdios Globo.

Por outro lado, com a contratação de Monica Albuquerque, a HBO Max passa a figurar como uma importante opção para os novelistas que buscam apresentar novos projetos, até porque a executiva lidou com diversos deles em sua passagem pela dramaturgia da emissora carioca. 

Mais Notícias