Vai ou não vai?

Sem garantias, Fórmula 1 rompe com a Rio Motorsports e pode fechar com a Globo

Rede carioca estava fora do páreo, mas chances de renovação aumentam

Sem garantias, Fórmula 1 rompe com a Rio Motorsports e pode fechar com a Globo
Reprodução/TV Globo

Redação NT

Publicado em 12/11/2020 às 12:24:09

Pouco menos de dois meses depois da Rio Motorsports fechar contrato com a Fórmula 1 para a comercialização de direitos no país, a parceria foi descontinuada devido a falta de garantias financeiras entre a empresa e a Liberty Media, gestora comercial da categoria. As informação são do Máquina do Esporte desta quinta-feira (12).

Agora, a Liberty e a FOM (Formula One Management) assumiram a negociação direta com empresas de mídia no Brasil para tratar dos direitos do esporte. Com isso, o Grupo Globo volta para a jogada e pode manter a modalidade para a próxima temporada.

Em nota ao Máquina do Esporte, a Rio Motorsports confirmou que por opção, recusou a opção dos direitos de transmissão de F1 e a decisão foi tomada com base nas incertezas provocadas pela segunda onda do novo coronavírus (Covid-19) na Europa.

continua depois da publicidade

Manutenção da F1 na Globo e TV Cultura fora da jogada

Com isso, a Globo vê com bons olhos a permanência da Fórmula 1 na casa, segundo noticiou o UOL Esporte. A Liberty não queria que o esporte ficasse escondido, como poderia acontecer caso a TV Cultura abocanhasse os direitos.

A emissora carioca, ainda, observa que a manutenção da F1 seja meramente uma questão de tempo. Ainda não há um prazo limite para que as conversas sejam encerradas, mas a expectativa é por um desfecho positivo.

Até 10 dias atrás, as chances ter a F1 na programação de 2021 eram "muito boas". A Globo havia confirmado que deixaria de transmitir o esporte no próximo ano. A Fórmula 1 estreou na Globo em 1972, e desde 1981, exibe as provas continuamente e com exclusividade na TV aberta.

continua depois da publicidade

 


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!