Reportar erro
Global

Netflix vê aumento de assinantes assistindo programas estrangeiros

Produtos como La Casa de Papel fizeram interesse por outros programas disparar

Reed Hastings com Netflix ao fundo
Reed Hastings defende investimentos globais da Netflix - Divulgação
Redação NT

Publicado em 24/06/2020 às 10:14:59

O CEO da Netflix, Reed Hastings, revelou que os 183 milhões de assinantes da empresa se entregam a mais conteúdo internacional durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), inclusive os estadunidenses.

Durante uma entrevista à BBC, Hastings incentivou o investimento em massa da empresa em programas globais, como La Casa de Papel, argumentando que eles "se traduzem através das fronteiras porque refletem verdadeiras universais".

"Na pandemia, vimos nossos usuários assistindo a mais conteúdo de outros países ou culturas. Em parte, isso ocorre porque as pessoas tiveram mais tempo para explorar nosso serviço", acrescentou ele. "Em parte, é porque estamos descobrindo que, quanto mais globais nos tornamos, mais importante é trabalharmos com criadores locais e autênticas que falam com todos os públicos", orgulha-se.

Bella Ciao

Netflix vê aumento de assinantes assistindo programas estrangeiros

Hastings nomeou La Casa de Papel como Money Heist nos Estados Unidos, algo como Roubo em Dinheiro, atingindo 65 milhões de usuários. "Estamos criando conteúdo que contraria o que normalmente é exportado para Hollywood", defendeu.

Tudo isso também é bom para os negócios do maior serviço por streaming do mundo. Cerca de 86% dos novos 15,7 milhões de clientes do primeiro trimestre, o que representa 13,5 milhões, estavam fora dos Estados Unidos e Canadá.

A Netflix atingiu um número superior de 137 milhões de assinantes em todo o mundo durante a pandemia da Covid-19.

Mais Notícias